Malha de aço e lavagem: como Indy busca alternativas por melhor aderência no Texas

Para evitar problemas de aderência dos últimos anos, Indy analisa possibilidades diferentes para melhorar oval do Texas. Resíduos de PJ1 seguem na pista apesar de várias tentativas de limpeza

PALOU BRILHA E MOSTRA QUE É CRAQUE PARA MUITOS ANOS NA FÓRMULA INDY

Prestes a visitar o oval do Texas, a Indy trabalha com potenciais soluções para melhorar as condições da pista e da corrida em Fort Worth. Desde 2020, as etapas da categoria no palco sofrem com o problema de aderência por conta da aplicação de PJ1 no asfalto.

O PJ1 é um composto de resina aplicado por pedido da Nascar, e que causou problemas de aderência nas corridas da Indy. A medida faz com que os pilotos evitem utilizar a parte alta da pista buscando reduzir a quantidade de acidentes e rodadas, o que torna as corridas praticamente uma carreata em “fila única”.

Apesar de vários esforços recentes para tirar o material, restos do produto embutidos no asfalto geraram uma cor mais escura e o aumento da temperatura da superfície em comparação com a parte inferior da pista, o que continua gerando variações na aderência das duas faixas.

 ▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Texas recebeu rodada dupla em 2021 (Foto: Indycar)

LEIA MAIS: Foyt anuncia Hildebrand como piloto do carro #11 nos ovais da Indy em 2022

Segundo a revista americana Racer, a Indy trabalha com três soluções diferentes para resolver o problema. A primeira delas é arrastar um dispositivo de malha de aço sobre as áreas onde o PJ1 permanece para tentar criar quantidade consistente de aderência. A segunda é tentar uma lavagem química, com o objetivo de ter o mesmo efeito.

A terceira, e mais provável de ser utilizada, é criar um período especial entre as sessões de treino sábado para que os pilotos se aventurem na pista, buscando ganhar velocidade de forma progressiva na faixa alta, buscando colocar mais borracha na pista e combinar com a parte de baixo. O plano é uma sugestão de Will Power, da Penske.

A Indy visita o Texas no próximo domingo (20). No sábado, os pilotos terão duas sessões de treinos livres, além da classificação. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa das ações em Fort Worth.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar