Crutchlow nega problema em esperar recurso de Iannone para negociar com Aprilia

Fora da LCR em 2021, o britânico ainda busca uma vaga na MotoGP para a próxima temporada. O piloto de Coventry já guiou motos de Yamaha, Ducati e Honda

LEIA TAMBÉM
Zarco faz currículo à la Elle Woods e amplia disputa por vaga de Dovizioso na Ducati

Cal Crutchlow não vê problemas em esperar o julgamento da apelação de doping de Andrea Iannone para negociar uma vaga com a Aprilia na temporada 2021 da MotoGP. A fábrica de Noale segue esperando o retorno do italiano, mesmo que a audiência no Tribunal Arbitral do Esporte tenha sido adiada para outubro.

Andrea está suspenso pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) por 18 meses desde dezembro passado por ter testado positivo para uso de um esteroide anabolizante em um exame feito no GP da Malásia. O #29, porém, alega que foi contaminado ao comer uma carne durante a passagem do Mundial pela Ásia e, por isso, recorreu ao TAS.

Cal Crutchlow (Foto: LCR)

A Agência Mundial Antidoping, porém, também foi à corte de Lausanne, na Suíça, mas para pediu um gancho maior: de quatro anos.

Apesar da incerteza, a Aprilia segue firme no propósito de esperar Iannone. Diretor-executivo da marca italiana, Massimo Rivola já criticou a atuação da WADA no caso, já que a agência foi a responsável pelo adiamento do julgamento para 15 de outubro, mas aposta na inocência do piloto.

A situação, porém, resultou em inúmeras especulações sobre um eventual substituto. Nesse cenário, Cal Crutchlow aparece como candidato, já que foi dispensado pela HRC ― com quem tem contrato apesar de correr com a LCR. Pol Espargaró vai assumir a vaga de Álex Márquez na Honda em 2021, com o irmão de Marc descendo para o time de Lucio Cecchinello no lugar de Cal.

Questionado se o adiamento do julgamento de Iannone afeta suas negociações com a Aprilia, Crutchlow respondeu: “Não. Não joga um balde de água fria”.

“Eu sempre soube que o caso seria adiado. Então não tem problema”, assegurou.

O britânico, aliás, já manifestou o interesse em vestir as cores da Aprilia e avaliou que seria um “projeto interessante”. Cal, porém, descartou voltar ao Mundial de Superbike em 2021, ainda que com a Honda.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Áustria, quinta etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar