Honda diz que pode levar “dois ou três meses” para Marc Márquez voltar à MotoGP

Em um comunicado enviado à imprensa, a montadora da asa dourada afirmou que mudou os planos para a recuperação de Marc Márquez após consultar uma série de especialistas. O espanhol fraturou o úmero do braço direito ainda na primeira etapa da temporada

Marc Márquez não tem data para voltar à MotoGP. A Honda afirmou neste sábado (22) que o hexacampeão pode precisar de “dois ou três meses” para estar recuperado da fratura de úmero que sofreu ainda na abertura da temporada 2020, na Espanha.

O mais velho dos Márquez sofreu uma queda em Jerez e fraturou o braço direito ao ser atingido pela própria moto. O espanhol foi operado e tentou voltar no GP da Andaluzia, mas desistiu por causa das dores. Marc era esperado em Brno, mas às vésperas da corrida teve de se submeter a uma segunda cirurgia, já que danificou a placa de titânio abrindo uma janela.

Marc Márquez está no longo processo de recuperação (Foto: Repsol)

A expectativa, então, era de que o #93 voltasse às pistas em setembro, para as corridas de Misano, mas a Honda evitou colocar prazos e deixou claro que a prioridade é ter o piloto 100% recuperado.

“Marc Márquez vai seguir sua recuperação nas próximas semanas. A MotoGP e a HRC consultaram e compararam as opiniões de diversos especialistas em relação a lesão no úmero do braço direito que Marc sofreu no GP da Espanha, no dia 19 de julho. O objetivo de Marc e da Honda é retomar o Mundial de Motovelocidade quando o braço de Marc estiver completamente recuperado da grave lesão sofrida em Jerez”, disse a Honda em nota. “É estimado que leve de dois a três meses para que consiga voltar para a RC213V. HRC não está estabelecendo um GP de retorno e vai continuar a informar a evolução da recuperação”, garantiu.

Chefe do time, Alberto Puig voltou a insistir que a Honda não quer apressar o retorno de seu principal piloto.

“Há muita conversa sobre a recuperação de Marc e muitas datas, mas desde o primeiro dia da segunda operação dissemos que o único objetivo possível é ele estar 100% bem”, afirmou Puig. “Não queremos apressar. Uma vez que Marc estiver na posição de retornar e competir no nível que conhece, então iremos pensar sobre o próximo objetivo”, encerrou.

Sem Marc, a Honda tem contado com Stefan Bradl ao lado de Álex Márquez. Até aqui, porém, os dois somaram apenas 16 pontos, o que rende à equipe de fábrica a lanterna do Mundial de Equipes, 82 pontos atrás da líder SRT. Entre os Construtores, a Honda está à frente apenas da Aprilia, mas tem 44 pontos de atraso para a Yamaha.

Pol Espargaró dá à KTM primeira pole na MotoGP no GP da Estíria

Sem Marc Márquez, a KTM segue se destacando na temporada 2020. Neste sábado, Pol Espargaró conquistou a pole-position do GP da Estíria ao cravar 1min23s580 e bater Takaaki Nakagami por só 0s022. O japonês corre com uma Honda de 2019, mas tem sido o destaque na ausência do protagonista da marca.

Johann Zarco anotou o terceiro melhor tempo no Red Bull Ring, mas vai largar do pit-lane por conta de uma punição decorrente do forte acidente com Franco Morbidelli no GP da Áustria da semana passada.

Pol Espargaró vai largar na pole pela primeira vez (Foto: KTM)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar