Miller diz que esperava renovação maior com Ducati: “Gostaria de ter segurança”

A Ducati anunciou, no fim de maio, a renovação do contrato de Jack Miller até o fim da temporada 2022. O australiano de 26 anos, porém, esperava uma extensão maior e não ficou 100% satisfeito com a novidade

MotoGP preparou vídeo com imagens da carreira em tributo a Jason Dupasquier (Vídeo: MotoGP)

No fim de maio, Jack Miller foi premiado pelas boas apresentações na MotoGP. O australiano de 26 anos teve seu contrato ampliado com a Ducati até o fim da temporada 2022. Mas a renovação não era bem o que esperava Miller.

Com duas vitórias no atual campeonato, nos GPs da Espanha e da França, Miller ocupa a quarta colocação, com 74 pontos — 31 atrás do líder Fabio Quartararo, da Yamaha. Com os bons resultados, o australiano achou que conseguiria uma maior renovação com a casa de Bolonha.

“Nunca foi minha ideia. Como piloto, gostaria de ter segurança na minha vida porque não estou em um contrato de um ano como se precisasse provar algo e talvez conseguir algo melhor”, afirmou Miller.

Jack Miller queria uma extensão maior no contrato (Foto: Divulgação/MotoGP)

LEIA TAMBÉM
⇝ Com apenas 19 anos, Dupasquier morre após grave acidente da Moto3 em Mugello
⇝ Jason Dupasquier, 2001 – 2021
⇝ “Talentoso e promissor”: mundo do esporte a motor reage à morte de Dupasquier
⇝ Rins abusa de quedas em momentos cruciais e sai da briga pelo título da MotoGP
⇝ Vale tudo no amor e na guerra? Tática de Marc Márquez causa polêmica na Itália

“Mas nada realmente muda. Parece que estou em um contrato de uma temporada e vou ter que renegociar no próximo ano. É assim que a vida anda e claramente eles [Ducati] quererm manter as opções sempre abertas. Isso me deixa nervoso, mas é a vida, é o negócio em que estamos”, completou.

Miller tornou-se piloto da Ducati em 2018, quando deixou a Honda e assinou com a montadora italiana, fazendo três temporadas com a Pramac até ser promovido ao time principal em 2021. Francesco Bagnaia, seu companheiro de equipe, também foi contratado recentemente, mas seguirá até o fim do próximo ano.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 6 de junho para o GP da Catalunha. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar