Marc Márquez revela aprovação médica unânime para volta à MotoGP em Portugal

O piloto da Honda contou que os profissionais se dividiram na hora de avaliar a possibilidade de disputar os GPs do Catar e de Doha e, por isso, a decisão foi de perder as duas etapas

A MotoGP divulgou as primeiras imagens do palco do novo GP da Indonésia (Vídeo: MotoGP)

Marc Márquez esperou por uma decisão médica unânime para poder voltar às pistas. O piloto da Honda contou que esteve perto de correr nos GPs do Catar e de Doha, mas não conseguiu a aprovação de todo o quadro médico.

O espanhol de Cervera caiu ainda na primeira corrida do ano passado e acabou com o braço quebrado. Na esteira de uma tentativa precoce de retorno, Marc precisou de um total de três cirurgias, perdeu todo o campeonato passado e também as duas primeiras corridas de 2021.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Marc Márquez perdeu 15 corridas por causa da lesão (Foto: Divulgação/MotoGP)

WEB STORY
⇝ Fatos e curiosidades do GP de Portugal de MotoGP. Com Marc Márquez!

Agora, porém, Márquez foi liberado pelos próprios cirurgiões e também aprovado pela equipe médica da pista, que o avaliou na manhã de quinta-feira (15).

“Nós tomamos a decisão junto com os médicos, pois eles sentiram e eu também, nós tivemos uma longa reunião com os médicos, e foi uma decisão unânime”, explicou. “No Catar, se tivéssemos de dizer alguma coisa, seria mais sim do que não, mas não foi unânime, então optamos pelo não. Aqui, foi unânime dizer sim, então este é o principal motivo de eu estar aqui”, detalhou.

Ainda assim, Márquez se mostrou cauteloso e deixou claro que não vai em busca de um resultado se expondo a um risco maior que o necessário.

“Vou responder como respondi hoje para Takeo-san [Yokoyama] hoje, o líder do projeto da HRC, não tenho nenhum alvo neste fim de semana, só quero pilotar. Teremos tempo para me pressionar para lutar pelo resultado, para lutar pelas corridas ― espero ―, mas agora é só questão de pilotar”, sublinhou.

O GP de Portugal, em Portimão, é a terceira etapa da temporada 2021 do Mundial de MotovelocidadeAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre a MotoGP.

LEIA TAMBÉM
⇝ Série à la ‘Drive to Survive’ é impulso necessário para expansão da MotoGP
⇝ WEB STORY – Pedro Acosta: a nova pérola do Mundial de Motovelocidade
⇝ Zarco acerta ao confiar na Ducati e dá volta por cima após saída da KTM
⇝ Miller sucumbe à pressão e derrete favoritismo em rodada dupla no Catar
⇝ Novo Marc Márquez? Acosta encanta e ganha protagonismo na Moto3
⇝ Dupla talentosa e poucos erros: como Pramac superou Ducati no Catar
⇝ Longa estadia no Catar afeta termômetro, mas MotoGP 2021 é estonteante
⇝ Martín brilha e vira protagonista da MotoGP após rodada dupla no Catar
⇝ Marc Márquez revê MotoGP com novos nomes e ordem de forças embaralhada

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube