Sempre favorito na Alemanha, Marc Márquez se vê em “posição diferente” em 2021

Marc Márquez não perde uma corrida em Sachsenring desde 2009. Neste ano, porém, com dificuldades na Honda e se recuperando de uma lesão no braço, o espanhol acredita que não vai estar em condições de brigar pela vitória mais uma vez no GP da Alemanha

Vitória dominante de Oliveira e líder punido: assista aos melhores momentos do GP da Catalunha (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A pista de Sachsenring é uma das preferidas de Marc Márquez no atual calendário da MotoGP. Desde 2009, quando ainda corria nas 125cc, o espanhol não sabe o que é perder o GP da Alemanha, mesmo atravessando todas as classes do Mundial.

Desde 2013, quando chegou na MotoGP, Márquez sempre esteve no lugar mais alto do pódio no circuito alemão. Neste ano, porém, a situação é mais delicada. Depois de nove meses ausente das pistas, por conta de um grave acidente, o espanhol retornou este ano no GP de Portugal e ainda não encontrou a boa forma de anos anteriores.

Nas cinco corridas que fez em 2021, tem um sétimo lugar como melhor resultado, obtido justamente em Portimão. Nas últimas três provas, no entanto, caiu enquanto buscava melhores posições e brigou muito com problemas de falta de aderência na traseira da moto da Honda. A situação ficou mais complicada, é claro, pela falta de força no braço direito, operado em 2020. Para Sachsenring, o hexacampeão da MotoGP espera melhor sorte.

Marc Márquez enfrenta fase bem ruim em 2021 (Foto: Red Bull Content Pool)

LEIA TAMBÉM
 Oliveira ratifica melhora da KTM com vitória impecável no GP da Catalunha
 Produção em série de talentos por Moto3 e Moto2 coloca pressão nos pilotos da MotoGP
⇝ KTM foge do padrão e acerta ao oferecer contrato duradouro para Binder na MotoGP
⇝ Yamaha mostra insatisfação com forma de Viñales, mas dá 2ª chance e evita jogar toalha
⇝ Gardner ganha chance na MotoGP para consolidar evolução mostrada na Moto2
⇝ Longe das vitórias e em crise, Honda pode ter concessões na MotoGP em 2022?

“Depois do dia de teste em Barcelona, a semana entre corridas foi boa para recuperação. Nesse teste trabalhei muito e agora chegamos a Sachsenring, onde eu sempre amei pilotar no passado. Neste ano, é claro, chegamos em uma posição diferente, mas espero que o traçado nos ajude na parte física. Vamos ver o que esse fim de semana nos oferece”, afirmou Márquez. Atualmente, o piloto espanhol tem apenas 16 pontos e ocupa a 18ª colocação no campeonato.

A pista alemã de Sachsenring não recebeu o Mundial de Motovelocidade em 2020 por conta da pandemia de Covid-19, com a prova cancelada meses antes da data prevista. Recentemente, porém, o autódromo renovou seu contrato com a MotoGP para receber o GP da Alemanha até 2026, para alegria do piloto da Honda

MotoGP volta às pistas no próximo dia 20 de junho, para a disputa do GP da Alemanha, em Sachsenring, oitava etapa da temporada 2021. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar