F1

Confira declarações dos pilotos após sexta-feira de treinos livres para GP do Canadá de 2019

Com 1min12s177, Charles Leclerc foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para o GP do Canadá de Fórmula 1. 0s074 mais lento que o companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel ficou com o segundo tempo, à frente de Valtteri Bottas. Lewis Hamilton bateu e acabou com a sexta colocação

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Charles Leclerc foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para o GP do Canadá de Fórmula 1. O piloto da Ferrari cravou 1min12s177 em sua melhor volta no segundo treino desta sexta-feira (7) e fechou o dia com 0s074 de frente para Sebastian Vettel, o segundo colocado.
 
Com 1min12s311, Valtteri Bottas registrou o terceiro tempo, seguido por Carlos Sainz Jr. e Kevin Magnussen. Lewis Hamilton errou no segundo treino do dia, bateu e, 0s761 mais lento que o ponteiro, acabou apenas em sexto.
 
Sergio Pérez aparece na sequência, com Daniel Ricciardo, Nico Hülkenberg e Lance Stroll completando um top-10 separado por 0s994.
 
Com 1min13s249, Lando Norris ficou em 11º, seguido por Pierre Gasly, Max Verstappen, Alex Albon, Daniil Kvyat, Kimi Räikkönen, Romain Grosjean, Antonio Giovinazzi, George Russell e Robert Kubica. Nicholas Latifi participou da treino da manhã e fez sua melhor volta em 1min16s199.
Charles Leclerc liderou a sexta-feira em Montreal (Foto: AFP)
Paddockast #21
A primeira vez a gente nunca esquece: as vitórias dos maiores nomes do esporte



Confira as declarações dos pilotos:

Charles Leclerc, primeiro: Leclerc fala em dia positivo, mas reconhece que Ferrari precisa “dar outro passo” para desafiar Mercedes  
 
 
Carlos Sainz Jr., quarto: “Podemos ficar bem felizes com a sexta-feira. O plano era ambicioso, com muitas saídas, fazendo muitos testes aerodinâmicos, muitos componentes e tentando encontrar o certo compromisso. Nesse sentido, acredito que estamos na direção certa e é bom ter novas partes para encontrar desempenho. Me sinto confortável com o carro desde a sessão da manhã e isso obviamente ajudou a colocar uma boa volta rápida e ter um bom ritmo de corrida. Foi encorajador, mas hoje foi apenas treino, então precisamos manter nossas cabeças baixas e trabalhar duro para ver se amanhã conseguirmos confirmar o ritmo de hoje."
 
Kevin Magnussen, quinto: “Não foi um dia muito ruim. Nosso ritmo com pouco combustível foi bom, com mais combustível apenas precisamos ter certeza que estamos no melhor momento com nossos pneus, essa é a principal coisa para trabalhar. Vamos fazer o que podemos hoje para aprender o que precisamos para conseguir extrair mais do pneu macio. Não tenho certeza, em termos de ritmo de classificação, quando ainda podemos conseguir, espero que mais um pouco. Foi um dia tranquilo hoje, não tivemos grandes problemas. Nosso principal foco é no ritmo de corrida."
 
 
Sergio Pérez, sétimo: “Fizemos muito trabalho hoje e parecemos competitivos, mas é amanhã e domingo que importam. A pista estava realmente suja ao longo do dia e também houve boa evolução a cada volta. Tentamos diferentes pacotes no carro, coletando informações que precisávamos e analisando quais partes trabalhavam melhor. O principal trabalho hoje é escolher a melhor solução para sermos mais competitivos amanhã. É sempre uma classificação apertada aqui e todas as equipes do pelotão intermediário parecem próximas. O desempenho dos pneus e a grande degradação é um grande fator para o domingo e deve tornar tudo mais interessante."
 
Daniel Ricciardo, oitavo: “Hoje foi muito bom e completei muitas voltas. Parece que estamos próximos de onde queremos, mas ainda quero um pouco mais. Olhamos para o ritmo de alguns outros e sabemos que ainda há um pouco de tempo para achar. Minhas duas voltas longas tiveram um equilíbrio diferente, então temos que trabalhar com aquele que pareceu melhor. Passamos por alguns itens e foi positivo para nós. No geral, um bom dia onde fizemos muitas voltas em um traçado bem divertido, gosto daqui."
Lewis Hamilton acertou o muro no segundo treino livre no Canadá (Foto: Reprodução)
Nico Hülkenberg, nono: “Estou razoavelmente feliz hoje. É sempre divertido por aqui e realmente gosto do traçado. Foi uma sexta-feira decente, o carro está bom, mas temos que olhar algumas coisas e fazer mudanças. Nosso ritmo de classificação foi bom, está apertado no pelotão intermediário, mas corremos cedo na sessão e talvez os outros tiveram vantagem da pista melhorar. Nosso ritmo de corrida também foi ok, mas a degradação do pneu macio é algo que vamos ter que olhar para o final de semana."
 
Lance Stroll, décimo: “Foi um começo promissor de final de semana aqui em Montreal, certamente melhor que as recentes sextas-feiras. O carro está muito bom em alguns momentos, o que é uma boa base para começar, já que ambas as performances com bastante combustível foram promissoras. Sem dúvidas ainda há coisas que podemos melhorar, mas estamos definitivamente na briga. Apenas precisamos seguir o trabalho esta noite, melhorar os detalhes para encontrar mais tempo de volta. O pelotão está muito apertado, com apensas poucos milésimos entre o quinto e o décimo, então vai ser bem apertado amanhã."
 
Lando Norris, 11º: “No geral, não foi um bom dia para mim. Tive que me encontrar muito rápido com a pista, não é o mais difícil de aprender, mas sofri para conseguir avançar. Estou lutando com algumas coisas que estou encontrando dificuldades para melhorar. Há potencial, Carlos está extraindo muito mais do carro do que eu. Então o ritmo está lá no carro, mas apenas não estou fazendo um bom trabalho. Vou tentar melhorar nisso amanhã, então as coisas devem ser melhores."
 
 
 


Alex Albon, 14º: “Foi um dia duro para nós. Nós precisamos tentar fazer nosso dever de casa esta noite e voltar com algumas soluções amanhã. Acho que o equilíbrio não está tão mal, só nos falta um pouco de ritmo, então precisamos entender o motivo. Nós tivemos dias difíceis antes, então estou confiante de que poderemos analisar os dados de hoje e entender onde melhorar para amanhã”.
 
Daniil Kvyat, 15º: “Foram duas sessões interessantes hoje. Esta pista sempre faz você estudar duro ao longo da noite nas sextas-feiras, então vamos fazer nosso melhor para reunir o que aprendemos no TL1 e no TL2 para tentar encontrar aquele pequeno passo extra amanhã que nos faltou hoje. Nós precisamos analisar onde estamos perdendo em relação aos nossos rivais ― são pequenas coisas que podem fazer uma grande diferença ― e, se conseguirmos trabalhar bem ao longo da noite, devemos ficar ok. Esta pista pode não nos cair tão bem quando as anteriores, mas nós ainda podemos fazer um bom trabalho no resto do fim de semana”.
 
Kimi Räikkönen, 16º: “Foi um dia de treinos. Começamos ok, ainda não é a melhor sensação com o carro, mas tentamos algumas coisas diferentes no segundo treino. Ainda temos muito trabalho para fazer e se pudermos ser um pouco mais velozes então podemos conseguir algumas posições já que o pelotão intermediário está bastante apertado."
 
Romain Grosjean, 17º: “Não foi o ideal. Geralmente sofro com o ritmo e a aderência – a traseira especialmente. O equilíbrio estava inconsistente, e aqui não trouxe confiança. Vamos tentar entender o que aconteceu. Kevin foi bastante rápido no TL2, o que é bom, então tenho certeza que vamos encontrar alguma coisa para chegar lá amanhã."
Carlos Sainz (Foto: McLaren)
Antonio Giovinazzi, 18º: “Foi um dia difícil para nós, já que não completamos muitas voltas. Durante o primeiro treino, peguei muita zebra na curva 8 e isso me fez abrir muito na curva 9. Perdi o carro na saída e toquei minimamente o muro, mas o suficiente para danificar. O TL2 estava um pouco perdido, já que saímos apenas para checar o carro, então perdemos muito tempo de pista hoje. Temos muito trabalho nessa noite."
 
George Russell, 19º: “Gostei de pilotar aqui, é um novo circuito para mim. Nosso desempenho foi o esperado, o ritmo com pouco combustível foi o planejado, e com mais combustível sendo um pouco melhor. Em alguns momentos estava escorregadio, como antecipado, mas no geral, gostei. Temos algum trabalho para fazer durante a noite para ver o que conseguimos alcançar amanhã."
 
Robert Kubica, 20º: “A pista hoje estava um pouco escorregadia. Não esperava essas condições. Quando dei as primeiras voltas no TL2 havia muita poeira, mas essas condições eram as mesmas para todos. É bom estar aqui, vim para cá com bom humor e não teve dramas, mas é claro que não há grandes surpresas. Conseguimos completar todo o planejado no segundo treino, agora temos que fazer alguma lição de casa, espremer tudo de Nicolas, George e eu, para tentar acelerar um pouco amanhã."
 
Nicholas Latifi, 21º: “Hoje foi meu primeiro treino livre e senti que estava preparado já que tive três dias de testes pré-temporada com a equipe. Para mim, tudo foi muito bem com uma sessão tranquila e completamos o programa. As condições da pista estavam complicadas por causa da poeira, mas mantive o carro longe dos muros e consegui algumas boas voltas para acumular dados para o time. É uma sensação muito especial pilotar em frente a sua torcida caseira. Montreal é a cidade em que nasci, tenho muitos amigos e família aqui, então foi muito especial sair do pitlane."
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.