Confira declarações dos pilotos após corrida de classificação do GP da Inglaterra

A Fórmula 1 testou sua primeira corrida de classificação, em Silverstone, na Inglaterra, neste sábado (17). E a vitória ficou com Max Verstappen. A prova teve algumas disputas interessantes, mas alguns acidentes. Veja o que cada um dos 20 pilotos do grid disse após a experiência

A Fórmula 1 conduziu neste sábado (17) o primeiro teste do formato de corrida de classificação. É uma tentativa de embaralhar as forças para a prova principal, que acontece neste domingo. A disputa de 100 km viu Max Verstappen superar Lewis Hamilton logo na largada e disparar para a vitória, que dá direito a partir da pole-position no GP da Inglaterra, décima etapa da temporada 2021.

Com o triunfo, o holandês somou mais três pontos na liderança do campeonato e agora sustenta 185 tentos contra 152 de Hamilton, o segundo colocado e saíra da posição de honra do grid, depois de liderar a classificação de sexta-feira (17). Valtteri Bottas completou o top-3 e teve um ponto adicionado aos 92 no Mundial de Pilotos.

Charles Leclerc cruzou a linha de chegada na quarta colocação, à frente dos dois carros da McLaren, de Lando Norris e Daniel Ricciardo. Sensação do início da corrida, quando protagonizou uma bela largada, saindo de 11º para quinto, Fernando Alonso terminou em sétimo. Sebastian Vettel foi o oitavo, enquanto George Russell e Esteban Ocon concluíram a prova em nona e décimo, respectivamente.

Vale lembrar que, diante do novo formato, a ordem do grid de largada para a etapa inglesa do calendário obedece ao resultado da corrida deste sábado. Veja os pilotos falaram após a disputa da primeira prova de classificação da história da F1.


Max Verstappen, Vencedor/pole: Verstappen vê formato estranho, mas celebra “boa briga com Hamilton” em Silverstone

Lewis, Hamilton, segundo: Hamilton vê Red Bull “muito forte” e põe fichas em largada por chance em Silverstone

Valtteri Bottas, terceiro: Bottas aprova top-3 na corrida sprint e projeta GP da Inglaterra “nada fácil”

Charles Leclerc, quarto: Leclerc mira pódio no GP da Inglaterra e Sainz vê “erro bem óbvio” de Russell

Charles Leclerc foi quarto na corrida de classificação (Foto: FerrarI)

Lando Norris, quinto: Norris mira colocar McLaren no top-5 do GP da Inglaterra

Daniel Ricciardo, sexto: Ricciardo se diz “mais confortável” na McLaren após corrida de classificação

Fernando Alonso, sétimo: Alonso curte novo formato com corrida sprint “picante”: “Tem mais a mão do piloto”

Sebastian Vettel, oitavo: Vettel aprova novo formato e espera GP da Inglaterra “com alternativas estratégicas”

Esteban Ocon, nono: “Estou bem satisfeito com a corrida sprint porque ganhamos três posições para a corrida de amanhã, ou seja, a gente parte de dentro do top-10. É onde a gente sentia que deveria ter ficado já ontem, então, é positivo. A equipe foi bem em optar pelos pneus macios e eu tive uma largada boa por fora para ganhar algumas posições. Gostei do novo formato, foi divertido para dar mais ação e dinamismo ao fim de semana, assim como uma dose de incertezas. Amanhã temos escolha livre de pneus de novo, isso deixa tudo em aberto. Estamos prontos”.

Esteban Ocon terminou a corrida de classificação em Silverstone na décima posição, mas sai em nono (Foto: Alpine)

Carlos Sainz, décimo: Sainz vê “erro bem óbvio” de Russell em acidente

Pierre Gasly, 11º: “Fiquei bem frustrado, simplesmente não era o que a gente queria. Começamos mal no TL1 e, com só um treino livre ontem, não melhoramos para a classificação. Sofremos de novo hoje. É bem frustrante porque eu sei que o carro tem muito mais potencial que isso, mas, até agora, não conseguimos melhorar no fim de semana. Vamos estudar tudo o que for possível hoje e tentar de tudo para pontuar amanhã”.

George Russell, 12º: Russell se vê inocente em incidente com Sainz e pede agressividade para pontuar

Kimi Räikkönen, 13º: “Vamos largar em uma posição melhor do que estávamos ontem, então, aceito. No fim, vai ser minha melhor posição de largada no ano, preciso ficar feliz com isso. Começamos com os macios, mas não sei mesmo a diferença que deu entre os pneus. No fim, o importante foi largar bem, fugir da confusão e aí seguir na pista, ganhando posições. Ainda vai ser uma corrida longa amanhã, vamos tentar seguir crescendo e buscar pontos”.

Lance Stroll, 14º: “Foi bom ganhar um pouco de terreno na corrida sprint, mas ainda estamos em busca de mais no equilíbrio do carro. Foi complicado ganhar posição no pelotão intermediário, tinha muito carro junto, virou um trilho enorme. O positivo é que essas corridas curtas podem render dados relevantes para estudarmos e evoluirmos. Temos uma corrida longa pela frente, o calor vai ser um fator, temos a escolha dos pneus, estou ansioso”.

Lance Stroll teve de se contentar com a 14ª posição no grid de largada para o GP da Inglaterra (Foto: Aston Martin)

Antonio Giovinazzi, 15º: “Foi uma corrida intensa, pé no fundo da largada até a chegada, mas, no fim das contas, com poucas ultrapassagens por aqui. Infelizmente, não larguei bem e perdi algumas posições. Aí eu tive um ritmo bom, mas muito parecido com quem estava na nossa frente, não tinha como ultrapassar assim. No fim, só perdi uma posição, ainda estamos em posição boa para amanhã. Espero que a gente tenha uma largada melhor e ganhe algumas posições”.

Yuki Tsunoda, 16º: “Estou obviamente desapontado com a performance de hoje. Não terminei em uma posição satisfatória, amanhã vou sair, de novo, em posição complicada. Acho que esse formato de fim de semana é duro com os novatos, só com um treino livre antes da classificação, mas espero que os fãs estejam curtindo. Sofremos com a performance do carro o fim de semana todo, é aguardar a noite para ver o que podemos tirar a mais do carro para amanhã”.

Nicholas Latifi, 17º: “Foi até uma corrida tranquila para mim, mas mais intensa do que uma normal. Não teve muito isso de poupar pneus pela distância, então tentei forçar o máximo possível. No fim, fiquei meio que onde larguei, não dava para atacar os outros carros. Estou frustrado ainda por ontem, não deveria ter classificado ali, mas acho que amanhã teremos coisas interessantes, talvez surjam oportunidades, tudo pode acontecer”.

Mick Schumacher, 18º: “Acho que a gente poderia tentar mexer no acerto aqui com mais tempo, mas, de qualquer jeito, não está ruim, foi bom. Para as equipes pequenas, é complicado ter menos tempo de testes, também temos menos pessoas para mexerem nos carros. Ficamos meio isolados na corrida, agora é analisar o que podemos fazer para aproximarmos do resto”.

Nikita Mazepin, 19º: “Larguei muito bem, uma das melhores largadas minhas no ano. A pista te faz ir por fora na curva 2, por dentro na 3, mas aí, quando eu vinha embalado, precisei evitaro contato com meu companheiro. Com o ritmo que a gente tem, a única comparação é com meu companheiro e eu fui muito mais rápido que ele na primeira parte da corrida e muito mais lento na segunda”.

Sergio Pérez, não completou: Pérez se desculpa com Red Bull por dia “muito abaixo” na corrida de classificação

No domingo, o GP da Inglaterra tem a largada marcada para as 11h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar