Red Bull marca audiência de Caso Horner para sexta-feira e já estuda substituto

Red Bull estuda a possibilidade de promover Jonathan Wheatley ao posto de chefe de equipe caso as investigações considerem Christian Horner culpado

Christian Horner, chefe da Red Bull, está sendo investigado por um suposto “comportamento inapropriado” e, de acordo com o portal alemão Auto Motor Und Sport, a audiência para ouvir as partes envolvidas vai acontecer na próxima sexta-feira (9). Caso as acusações sejam comprovadas, o mandatário pode ser demitido da equipe e, por isso, o time dos energéticos já estuda um substituto e tem o diretor-esportivo Jonathan Wheatley como principal candidato a assumir o posto.

O portal neerlandês De Telegraaf trouxe, na última segunda-feira (5), a informação de que Horner teria se dirigido de maneira inadequada a um membro da equipe, e que o chefe do departamento esportivo da Red Bull, Oliver Mintzlaff, já está informado das alegações encara o assunto “de maneira séria”.

O jornal Bild revelou que as investigações começaram depois de a Red Bull tomar conhecimento de que Horner teria enviado fotos a uma funcionária, em algo que “passou do limite”. O britânico, no entanto, negou todas as acusações.

As investigações estão em curso há algumas semanas e, de acordo com o Auto Motor Und Sport, a audiência acontece na próxima sexta-feira. Assim, as partes envolvidas vão dar suas respectivas versões sobre o ocorrido e os responsáveis pelo caso vão determinar se o atual dirigente poderá continuar ligado à marca austríaca.

Christian Horner, GP da Inglaterra, Silverstone, Red Bull, F1 2023
Christian Horner está no posto de chefe da Red Bull desde 2005 (Foto: Red Bull Content Pool)

Se Christian for declarado culpado e tiver de deixar a equipe, Jonathan Wheatley é apontado como principal nome a ocupar o cargo de chefe. No entanto, ainda não se sabe se ele ocuparia a função de forma interina ou permanente.

Horner está à frente da Red Bull desde que a equipe foi fundada na Fórmula 1, em 2005, e foi peça fundamental na conquista dos seis títulos de construtores e sete de pilotos. Em 2023, quando o time desenvolveu o carro mais dominante da história, terminou a temporada com 860 pontos e 21 vitórias em 22 corridas.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.