Confira declarações dos pilotos após sexta-feira de treinos para GP de Sakhir

Na abertura das atividades para o GP de Sakhir, George Russell tratou de liderar as duas sessões, com Max Verstappen ficando logo atrás do inglês que defende a Mercedes no final de semana

George Russell começou sua passagem pela Mercedes com o pé direito. Nesta sexta-feira (4), nos primeiros treinos livres do GP do Sakhir, o inglês tratou de se colocar como o mais rápido e fechar o dia na ponta da tabela de tempos.

No anel externo do circuito do Bahrein, os competidores tiveram dias bastante distintos e opiniões divergentes sobre o novo traçado. Aqui, o GRANDE PRÊMIO traz o que todos os 20 pilotos disseram após as duas sessões.

Russell liderou as duas sessões da sexta-feira em Sakhir (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

George Russel, primeiro: Mais rápido em Sakhir, Russell diz que tempos são “enganosos” e vê Bottas melhor

Max Verstappen, segundo: Verstappen critica anel externo do GP de Sakhir: “Não é legal de pilotar”

Sergio Pérez, terceiro: “Estou otimista sobre nossas chances neste final de semana após um dia positivo na pista. Acho que podemos mirar um bom resultado, mas hoje realmente mostrou como a classificação vai ser apertada. As margens vão ser próximas e isso significa que encaixar tudo em uma volta vai ser crucial. Foi desafiador o novo traçado hoje, o setor intermediário é particularmente complicado, pois as zebras são bastante agressivas. É tentador usá-las, mas é muito fácil de cometer um erro. Acredito que veremos muitas voltas sendo deletadas e alguns erros durante o fim de semana, é importante minimizar as chances de cometer erros. A volta inteira é um desafio, mesmo que não há muitas curvas, então, ir bem no setor intermediário é bastante importante”.

Esteban Ocon, quarto: Ocon se empolga e elege sexta-feira em Sakhir como “melhor do ano”. Ricciardo elogia pista

Alexander Albon, quinto: Albon exalta divertido anel externo e vê “ritmo positivo” da Red Bull em Sakhir

Daniil Kvyat, sexto: “Foi uma sexta-feira normal, cumprimos todo nosso programa para hoje e tudo funcionou bem. É um novo traçado para aprender, mas acho que estamos ok. Espero que sejamos capazes de entender algumas outras coisas na parte da noite para ver como podemos melhorar para amanhã. Está bastante apertado entre as equipes, então, vai ser importante estar na melhor forma sem cometer erros. É uma pista curta com novas curvas, o que sempre é algo que gosto de aprender e é um desafio diferente que torna interessante”.

Pietro Fittipaldi teve uma sexta-feira positiva em Sakhir (Foto: Haas)

Lance Stroll, sétimo: “Foi realmente muito próximo hoje com pequenos espaços entre os carros. Acho que aprender muito em como o final de semana vai se desenrolar e como vai ser a corrida. A curva 8 vai ser um grande fator amanhã e provavelmente veremos muitas voltas deletadas, a chave vai ser estar próximo do limite. Conseguimos lidar com o desafio de ter um grande tráfego em uma volta muito curta, mas espero que vai ser muito mais difícil na classificação. A tomada de tempos vai ser bastante importante amanhã, pois foi mais difícil de ultrapassar do que o esperado. Pode ser a posição da corrida. Com tudo isso, foi um bom dia de trabalho e estou confiante para sábado e domingo”.

Daniel Riccardo, oitavo: Ocon se empolga e elege sexta-feira em Sakhir como “melhor do ano”. Ricciardo elogia pista

Pierre Gasly, nono: “Foi uma sexta-feira decente. Acho que temos um carro competitivo, tentamos alguns ajustes diferentes que nos deu uma boa ideia de qual direção tomar para amanhã. O TL2 foi um pouco difícil com pneus médios, acho que temos um pouco mais de desempenho para conseguir. De qualquer maneira, as simulações de corrida parecem boas, vai ser apenas ajustar poucas coisas e trabalhar nos detalhes finais para ter certeza que conseguiremos uma boa posição de largada para a corrida”.

Carlos Sainz, décimo: “Para ser honesto, estou um pouco surpreso com o ritmo hoje. Se passou apenas cinco dias, mas a ordem de forças mudou e não parecemos tão fortes quanto no final de semana. Ainda, não foi a melhor das sextas-feiras com ambos nossos carros tendo problemas. Dito isso, é apenas o primeiro dia e ainda temos a noite para descobrir o que nos ajuda a voltar ainda mais fortes e recuperar um pouco de desempenho que parece que perdemos”.

Valtteri Bottas, 11º: Bottas fala em dia complicado em Sakhir e vê “Red Bull competitiva e Russell veloz”

Bottas terminou o dia apenas em 11º (Foto: Mercedes)

Kimi Räikkönen, 12º: “Não tinha nenhuma expectativa em particular antes do fim de semana, mas o importante é que tivemos duas boas sessões e fizemos nosso trabalho. A pista é relativamente simples, tem apenas duas grandes curvas, apesar de ser bastante ondulada. Nossa abordagem para o fim de semana não mudou, vamos nos preparar para a classificação de amanhã como sempre: esperando que consigamos dar outro passo essa noite e sermos competitivos amanhã”.

Antonio Giovinazzi, 13º: “Estou bastante feliz com o ritmo que mostramos hoje, especialmente nas simulações de corrida. Amanhã vai ser um desafio interessante, encontrar espaço vai ser importante, mas sabemos que todos também estarão assim. Precisaremos ser espertos e usar nossas cartas da melhor maneira. Sabemos que brigaremos para estar no Q2 e estamos confiantes de que temos a chance de estar lá, veremos o que conseguimos amanhã”.

Kevin Magnussen, 14º: “É um traçado muito curto com muito tráfego, além de muito ondulado. Certamente é um desafio. Infelizmente, não somos rápidos o suficiente, tanto na pista normal quanto nessa. Também precisamos trabalhar no equilíbrio do carro, não é apenas nas retas que é lento, precisamos trabalhar nas curvas. Precisamos conseguir lidar com isso. Acho que Pietro fez um trabalho muito bom hoje, é uma grande tarefa ser jogado no carro apenas alguns dias antes da corrida sem nenhum teste. Acho que encontrou velocidade muito bem. Espero que esteja curtindo”.

Vettel teve dia para esquecer no Bahrein (Foto: AFP)

Nicolas Latifi, 15º: “Foi um dia diferente e um tipo diferente de pista com o qual estamos acostumados. Esteve bastante agitado lá fora, 20 carros dividindo esse traçado curto tornou difícil de focar em nossa programação, conseguir boas voltas e tentar não atrapalhar ninguém. Temos trabalho a ser feito tanto com muito e pouco combustível, mas estamos próximos de nosso adversários Haas e Alfa, que é sempre o objetivo. A nova sessão é bastante ondulada, vai criar alguma coisa diferente com certeza, que acredito que era o que a F1 queria alcançar. Espero que isso torne as coisas animadoras e traga oportunidades que estamos buscando. Certamente criou um desafio para ajustar o carro, vãos tentar ajustar tudo para amanhã”.

Sebastian Vettel, 16º: Vettel prevê “bagunça” na classificação e detalha dificuldades em Sakhir

Lando Norris, 17º: “Hoje não foi um bom dia para nós. Estamos bastante fora do ritmo, temos muito trabalho a fazer amanhã. Do meu lado, foi um dia complicado com um erro que cometi e significou a troca do assoalho. Depois, o problema com o motor que nos colocou de fora da sessão. Não foi o melhor dos dias, parece como um dos mais difíceis em termos de ritmo. Quando precisamos das voltas, não as conseguimos, estamos em uma posição difícil para amanhã, mas vamos trabalhar duro durante a noite e ver se conseguimos melhorar o carro”.

Pietro Fittipaldi, 18º: Fittipaldi aprova atuação e define sexta no Bahrein como “fantástica e empolgante”

Jack Aitken, 19º: “Hoje foi bastante legal e consegui diversas voltas no currículo. Passamos as primeiras voltas do TL1 relembrando o que fiz durante o primeiro treino na Áustria, foi bastante familiar e consegui me adaptar rápido. Há trabalho a ser feito em nosso ritmo de volta lançada, mas a forma de corrida é encorajador, estou bastante feliz. Criamos uma base sólida , estou ansioso para a classificação. Vai ser difícil amanhã na classificação, mas espero que estejamos do lado certo das coisas”.

Charles Leclerc, 20º: Leclerc elogia pista “que lembra tempos do kart” e prevê corrida divertida em Sakhir

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube