Williams anuncia ex-Volkswagen François-Xavier Demaison como novo diretor-técnico

O engenheiro francês, conhecido também como FX, trabalhou com Jost Capito, novo CEO da Williams, nos anos de ouro da Volkswagen no Mundial de Rali no começo da década passada. François-Xavier Demaison chega como nova peça importante da estrutura montada pela Dorilton Capital

Como foi o terceiro e último dia de pré-temporada da F1 em Sakhir (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

Depois de quase dois anos, desde a conturbada saída de Paddy Lowe, a Williams volta a ter um diretor-técnico na Fórmula 1. Na esteira da reformulação promovida pela nova proprietária da escuderia de Grove, a Dorilton Capital, François-Xavier Demaison — homônimo do ator e humorista francês de 47 anos —, foi anunciado como novo integrante do time na manhã desta terça-feira (23). Demaison, ou FX, como é conhecido, tem estreita ligação com o novo CEO da Williams, o alemão Jost Capito, e foi um dos pilares dos anos de ouro da Volkswagen no WRC no início da década passada. FX trabalhou por uma década na fábrica alemã.

Demaison já tem uma experiência prévia na Fórmula 1 ao ter trabalhado no programa de motores da Peugeot, que forneceu para equipes como McLaren, Jordan e Prost, na década de 1990. FX também foi engenheiro-chefe da Subaru no Mundial de Rali.

Agora, o engenheiro volta a atuar na Fórmula 1, mas numa função de maior destaque e responsabilidade e em uma equipe que traça como meta, a longo prazo, voltar a ser uma das protagonistas do Mundial.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

JOST CAPITO; FRANÇOIS-XAVIER DEMAISON;
Jost Capito e François-Xavier Demaison foram parceiros no sucesso da Volkswagen no WRC (Foto: Volkswagen Motorsport)

GUIA F1 2021
Red Bull aposta em forasteiro Pérez e ameaça Mercedes com briga real na F1
Haas desiste de ‘sonho americano’ e aposta em novatos com foco em 2022
+ Perdidamente apaixonado pela F1, Alonso volta sabendo qual seu lugar no mundo
+ Russell quer Mercedes, mas antes tem de carregar Williams em reconstrução
+ Leclerc tem missão de liderar renovada Ferrari e manter Sainz sob controle

“Estou muito ansioso para ingressar na Williams, uma vez que eles começaram uma trajetória empolgante para mudar seu patamar. Vai ser um grande desafio, mas estou ansioso para começar. Eles têm uma grande equipe, com pessoas talentosas, e espero poder logo trabalhar com eles e com a equipe de gestão para ajudar a traçar um rumo para o futuro e para ajudar a equipe a alcançar suas ambições”, declarou o novo contratado.

Jost Capito saudou o colega de trabalho dos tempos da Volkswagen e agora novamente parceiro em um novo ciclo na Williams.

“Estamos muito satisfeitos por receber FX na equipe. Vi em primeira mão as suas capacidades técnicas, e o seu êxito no esporte fala por si. Trazer alguém do seu calibre para a nossa equipe técnica já experiente vai ajudar a guiar a futura direção da nossa operação e vai fortalecer a nossa equipe”, declarou o executivo alemão.

“Não tenho dúvidas de que a sua experiência vai contribuir para darmos mais um passo importante no sentido das nossas ambições de voltar a vencer”, disse Capito.

“Na Williams, temos um desafio empolgante pela frente e estou ansioso para ver a contribuição de FX ao passo em que seguimos nesta jornada”, complementou.

Uma das principais missões de Demaison desde já é o projeto do carro da próxima temporada, quando a Fórmula 1 vai vivenciar uma ampla revolução nos regulamentos técnico, desportivo e financeiro. Foi de FX o projeto do ID.R, protótipo elétrico da Volkswagen que se notabilizou pelo recorde de Romain Dumas na clássica subida de Pikes Peak.

A expertise de Demaison é vista como crucial para o desenvolvimento do novo carro. “O ID.R é um carro de efeito solo porque você não tinha limitações técnicas. E essa tecnologia vai voltar à F1. Então, é importante adicionar alguém que acrescenta algo que a equipe ainda não tem, já que [tal tecnologia] não era necessário nas últimas duas décadas. Achei que precisávamos de alguém que viesse, fosse um engenheiro brilhante, trouxesse experiências diferentes, que aprenda e trabalhe com as pessoas que temos e desenvolva ainda mais o rumo que temos porque, creio, estamos no rumo certo. E sem atrapalhar todo o processo de engenharia da equipe”, concluiu Capito.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube