Indy

De Ferran admite aprendizado com eliminação no Bump Day: “Quero aplicar essas lições a partir de amanhã”

Diretor-esportivo da McLaren, Gil De Ferran não quis entrar em detalhes, mas admitiu que aprendeu muito com a eliminação de Fernando Alonso no Bump Day das 500 Milhas de Indianápolis. O dirigente falou em colocar essas lições em prática imediatamente

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo

A dolorosa experiência da eliminação de Fernando Alonso no Bump Day das 500 Milhas de Indianápolis deixou lições para a McLaren. Diretor-esportivo do time, Gil De Ferran falou em colocar esses aprendizados em prática de forma imediata.
 
Aliado a Carlin, Fernando não conseguiu superar Sage Karam, James Hinchcliffe e Kyle Kaiser no domingo (19) e está fora da edição 2019 das 500 Milhas. Dos quatro carros da Carlin, aliás, o único que se classificou para a prova foi Charlie Kimball, especialista em ovais. Pato O’Ward e Max Chilton foram eliminados com Alonso.
Gil de Ferran até se desculpou com Fernando Alonso (Foto: Indycar)
Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #18: Fake News! As mentirinhas nada inocentes do esporte a motor



  Ouça no Spotify
  Ouça no iTunes
  Ouça no Android
  Ouça no playerFM

Perguntado sobre a lição que fica caso a McLaren decida retornar as 500 Milhas, Gil respondeu: “Para ser honesto, não quero entrar nos detalhes disso. Mas somos muito humildes em relação a tudo que aconteceu aqui e acho que, neste momento, só quero dizer que aprendemos muitas lições”.
 
“Temos de olhar realmente para dentro e olhar para tudo que aprendemos, consolidar essas lições e seguir em frente. Eu me considero um corredor, um lutador. Quero aplicar essas lições a partir de amanhã”, insistiu.
 
Por fim, De Ferran explicou que a McLaren ainda não tomou uma decisão final em relação ao retorno à Indy em tempo integral.
 
“Você tenta fazer o melhor que pode, faz planos e tudo mais… nós, certamente, aprendemos muitas lições aqui e vamos levar isso adiante. Essa possibilidade ainda está sendo considerada. Mas nenhuma decisão foi tomada”, concluiu.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.