Ducati arquiteta futuro e prepara subida de Aldeguer à MotoGP na temporada 2025

Fermín Aldeguer vai continuar na Moto2 em 2024, mas já tem um acerto com a Ducati para ser promovido à MotoGP na temporada 2025. A informação é do jornal catalão El Periódico

A temporada 2024 da MotoGP ainda nem começou e os rumores para o próximo ano já começaram. De acordo com o jornal espanhol El Periódico, a Ducati se reuniu com Fermín Aldeguer para iniciar conversas e promover o piloto da SpeedUp para a classe rainha do Mundial em 2025.

Segundo a publicação, Aldeguer se reuniu com dirigentes da Ducati dois dias antes do lançamento da Desmosedici GP24. O piloto espanhol de apenas 18 anos se reuniu com Gigi Dall’Igna, Davide Tardozzi e Mauro Gressilli, principais nomes da montadora italiana no Mundial de Motovelocidade para fazer os primeiros acertos em relação ao contrato.

Relacionadas


A grande dúvida seria em qual equipe Aldeguer desembarcaria. A Ducati raramente coloca um piloto diretamente na equipe de fábrica e uma das vagas do time já está assegurada para Francesco Bagnaia, enquanto Enea Bastianini busca consolidação após um ano de lesões e muitos acidentes.

O mais provável é que abra um espaço na Pramac para o jovem espanhol, já que Franco Morbidelli possui contrato até o fim de 2024 e Jorge Martín já declarou que não quer correr com uma equipe satélite de novo em 2025 — forçando assim uma promoção interna ou até mesmo em outro time de fábrica do grid, como na Honda, onde já foi especulado anteriormente.

Fermín Aldeguer foi um dos destaques da Moto2 em 2023 (Foto: Speed Up)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!
▶️ Todos os detalhes da Desmosedici GP24, nova moto da Ducati na MotoGP

Aldeguer foi um dos grandes destaques da temporada 2023 da Moto2 com cinco vitórias conquistadas — Grã-Bretanha, Tailândia, Malásia, Catar e Valência —, mas demorou a reagir a ponto de entrar na briga pelo título. Na reta final, quando emplacou bons resultados, passou a ser especulado em equipes da MotoGP, como Honda e VR46, mas o chefe Luca Boscoscuro fez jogo duro.

Na época, o dirigente da SpeedUp afirmou que o espanhol “ficou um pouco decepcionado por não saltar à MotoGP”, mas que entenderia a situação e amadureceria a ideia ao longo da temporada 2024.

“No meu entender, não era o momento de dar o salto, disse a ele e entendeu. Agora, ele está em um grande momento, mas não pode esquecer que na metade da temporada estava com dificuldades para alcançar as primeiras posições. Isso mostra como ainda faltam conhecimentos e maturidade para correr na MotoGP, onde todos estão bem preparados”, afirmou Boscoscuro.

MotoGP volta a acelerar entre 6 e 8 de fevereiro de 2024, com os testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

LEIA TAMBÉM
📌 Pequena Gresini se posiciona entre gigantes, mas com missão árdua na MotoGP 2024
📌 Marini assume batata quente, mas acerta em se descolar do irmão e encarar Honda
📌 Bastianini assume responsabilidades, mas sabe: é tudo ou nada na MotoGP 2024
📌 Acosta chega como novo Marc Márquez na MotoGP: é justo com ele?

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.