Martín neutraliza concorrência e lidera TL1 da MotoGP na Tailândia. Bagnaia é 10º

Jorge Martín mostrou que se recuperou dos últimos erros e dominou o primeiro treino na Tailândia. Maverick Viñales ficou em segundo, na frente do surpreendente Pol Espargaró

A MotoGP chegou na Tailândia e Jorge Martín decidiu mostrar que não se abalou com os tropeços recentes. No primeiro treino livre em Buriram, o piloto da Pramac dominou o grid e fez 1min30s520, sem chances para o competidor mais próximo, Maverick Viñales, que ficou a 0s2 de distância.

Pol Espargaró foi a grata surpresa do dia e terminou na terceira colocação, seguido por Aleix Espargaró e Franco Morbidelli, que fecharam o top-5.

Relacionadas


Augusto Fernández também andou bem em sexto, acompanhado por Fabio Di Giannantonio, Raúl Fernández e Álex Márquez. Líder do campeonato, Francesco Bagnaia foi discreto durante a sessão e ficou apenas em décimo.

Vencedor da última etapa, na Austrália, Johann Zarco foi apenas o 19º colocado na primeira sessão em Buriram, logo atrás de um também apagado Marc Márquez.

Jorge Martín foi o mais rápido (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

O grid da MotoGP está novamente desfalcado nesta 17ª etapa do campeonato. Álex Rins desistiu de participar da prova por conta de problemas na perna direita, deixando o grid novamente sem os pilotos titulares desde o início da temporada.

MotoGP volta a acelerar ainda nesta sexta-feira (27), a partir de 5h (de Brasília), com o treino do GP da Tailândia, no circuito de Buriram. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade.

Confira como foi o Treino Livre 1 da MotoGP na Tailândia:

Apesar do forte calor, de 33ºC no ar e 28ºC na pista, o tempo nublado marcou o primeiro treino da MotoGP em Buriram, além da umidade na casa de 82% e ventos leves de apenas 5 km/h. Assim que luz verde pintou, todo o grid saiu para acelerar.

Jorge Martín começou o dia marcando o primeiro tempo, com 1min33s029, seguido por Maverick Viñales. Logo depois, a dupla da Gresini apareceu, com Álex Márquez fez 1min32s030 e Fabio Di Giannantonio foi para segundo.

O início do TL1 da MotoGP em Buriram (Vídeo: MotoGP)

A dupla da Yamaha também teve um brilho passageiro. Fabio Quartararo fez 1min32s008 para assumir a ponto, com o companheiro Franco Morbidelli apenas 0s005 atrás. Enquanto isso, Pol Espargaró teve a volta deletada por exceder os limites de pista.

Os tempos continuavam a baixar rapidamente. Viñales assumiu a ponta, mas Álex Márquez retomou a dianteira, com 1min31s486. Líder do campeonato, Pecco Bagnaia aparecia discreto, apenas em 11º.

Takaaki Nakagami teve um pequeno brilho e saltou para terceiro, enquanto Martín subiu para o segundo lugar, apenas 9 milésimos atrás do ponteiro. Viñales voltou a acelerar forte e mostrar o bom ritmo da Aprilia, com 1min31s484, apenas 0s002 mais rápido que Márquez.

Cobra chegou a aparecer durantes os primeiros treinos (Foto: Reprodução/MotoGP)

No meio da sessão, os boxes que ficaram agitados, com boa parte do grid fazendo ajustes nos equipamentos. Fabio Quartararo ficou na pista, mas não conseguiu evoluir o próprio tempo.

A 24 minutos para o fim, o pelotão voltou a sair dos boxes. Bagnaia tentou evoluir, mas seguiu na modesta décima colocação. No giro seguinte, o italiano escapou da pista.

Mostrando a força da Aprilia, Aleix Espargaró também acertou boa volta e fez 1min31s524 e foi para a quarta colocação. Logo depois, Morbidelli subiu para quinto.

A 12 minutos para o fim, o equilíbrio marcava a sessão, com 20 dos 21 pilotos no mesmo segundo, segundo apenas Joan Mir o único fora dessa zona.

Martín empilhou boas voltas em sequência (Vídeo: MotoGP)

Aleix Espargaró voltou a acelerar forte e fez 1min31s171, tomando a dianteira do treino livre em Buriram.

No fim da sessão, parecia que os pilotos não melhorariam muito suas marcas, mas Martín decidiu acabar com isso, fez 1min31s025 e tomou a ponta. Morbidelli foi no embalo e subiu para o terceiro lugar.

Na tentativa seguinte, Martín voltou a melhorar a própria marca, só com pneus médios, cravando 1min30s520 e ampliando a vantagem para 0s651. Líder do campeonato, Bagnaia reagiu no fim e saltou para o sexto posto, com 1min31s507. Pol Espargaró também foi bem e ficou com o sétimo lugar.

A 2 minutos para o fim, Viñales ficou com o segundo lugar, Di Giannantonio evoluiu e foi para sexto, além de Augusto Fernández ficando com a nona colocação.

No fim, após a bandeira quadriculada, ainda deu tempo de Pol Espargaró marcar o terceiro tempo e Raúl Fernández ir a oitavo. De resto, ninguém mais evoluiu, deixando Martín e Viñales nas primeiras posições.

Marc Márquez treinou largada e deu um grande susto (Vídeo: MotoGP)

MotoGP 2023, GP da Tailândia, Buriram, Treino Livre 1:

1J MARTÍNPramac Ducati1:30.520 
2M VIÑALESAprilia1:30.758+0.238
3P ESPARGARÓGasGas Tech31:31.012+0.492
4A ESPARGARÓAprilia1:31.171+0.651
5F MORBIDELLIYamaha1:31.270+0.750
6A FERNÁNDEZGasGas Tech31:31.343+0.823
7F DI GIANNANTONIOGresini Ducati1:31.482+0.962
8R FERNÁNDEZRNF Aprilia1:31.482+0.962
9Á MÁRQUEZGresini Ducati1:31.486+0.966
10F BAGNAIADucati1:31.507+0.987
11T NAKAGAMILCR Honda1:31.599+1.079
12F QUARTARAROYamaha1:31.650+1.130
13J MILLERKTM1:31.682+1.162
14B BINDERKTM1:31.755+1.235
15L MARINIVR461:31.789+1.269
16M BEZZECCHIVR461:31.824+1.304
17E BASTIANINIDucati1:31.853+1.333
18M MÁRQUEZHonda1:31.857+1.337
19J ZARCOPramac Ducati1:31.913+1.393
20J MIRHonda1:31.997+1.477
21M OLIVEIRARNF Aprilia1:32.121+1.601
🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.