Marc Márquez diz que ainda não atingiu objetivo de 2021: “Ser o mesmo de antes”

Piloto da Honda manteve os pés no chão apesar do favoritismo para o GP de Aragão e reconheceu que ainda não alcançou o mesmo nível que tinha antes de fraturar o braço no GP da Espanha do ano passado

MÁRQUEZ CONTA COM BOM HISTÓRICO POR NOVA VITÓRIA NA MOTOGP | GP às 10

Marc Márquez afirmou que ainda não cumpriu o objetivo de ser o mesmo de antes na temporada 2021 da MotoGP. O piloto da Honda ressaltou que chega para o GP de Aragão com vontade de subir na moto, mas tratou de controlar as expectativas para o fim de semana no MotorLand.

Márquez é o piloto mais vitorioso da pista de Alcañiz, mas ainda não voltou ao mesmo nível de performance habitual. Desde que fraturou o braço direito ainda na primeira etapa da temporada passada, Marc vem lutando para recuperar a forma.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Marc Márquez soma cinco vitórias em Aragão (Foto: Repsol)

WEB STORY
# Fatos e curiosidades sobre o GP de Aragão de MotoGP

Em 2021, o irmão de Álex Márquez tem um único pódio na conta, justamente uma vitória no GP da Alemanha, uma corrida onde ele sempre foi dominante justamente pela característica anti-horária do circuito.

Às vésperas do GP de Aragão, Márquez tratou de manter os pés no chão e destacar que o histórico não vai ajudar muito neste fim de semana. Ainda assim, ele não escondeu a vontade de subir na RC213V.

“Eu me sinto bem, com vontade de subir na moto. A frase certa seria: com vontade de falar pouco e de subir na moto”, riu Marc. “É um circuito de que eu gosto, que se adapta bem ao meu estilo de pilotagem”, comentou.

O espanhol de Cervera espera começar bem o fim de semana, mas ainda quer ver como o corpo vai reagir ao longo de todo fim de semana.

“A expectativa não pode ser a mesma que dos outros anos, será mais para ver o que acontece durante o fim de semana”, avisou. “Estou convencido de que o TL1 vai correr bem, pois me sinto fresco. Depois, veremos como vou me desgastando durante o fim de semana”, explicou.

“Mas, bom, estou contente de chegar em Alcañiz. É um momento difícil, venho de duas corridas nas quais me senti bem, mas em que os resultados não saíram. Veremos se aqui sai”, considerou.

Questionado sobre como uma conversa com Mick Doohan após o GP da Itália o ajudou, Marc destacou que ouvir sobre o processo de recuperação do australiano após uma séria lesão na perna tem sido um motivador importante.

“A história dele me ajudou. Eu sou exigente comigo mesmo, mas isso tranquiliza, porque, no começo, eu logicamente não entendia nada. Falo de três fatores: o primeiro, o fator tempo, algo que não temos. Ele precisou ir se adaptando e readaptar a moto ao seu estilo, como o freio no polegar ou coisas que, pelo estado da perna, ele precisava. Depois, o fator de erros inexplicáveis. Não sabia encontrar a solução e era, simplesmente, porque o corpo estava em uma condição diferente. Confiava e não estava bem posicionado. Isso acontece comigo nos fins de semana”, relatou. “O terceiro é controlar a expectativa, ser realista com o momento que está e dar tempo, dentro do que cabe, a paciência. Eu gostaria de estar 100% e pilotar como quero. Estou bem para pilotar, ir bem, mas ainda me falta cumprir o objetivo, que é ser o mesmo de antes”, completou.

MotoGP volta a acelerar no próximo dia 12 de setembro, com o GP de Aragão, no MotorLand. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

VEJA TAMBÉM
Quartararo usa receita infalível e ganha terreno em MotoGP de rivais claudicantes
WEB STORY: Raio-x do strike de Marc Márquez no GP da Grã-Bretanha de MotoGP
Yamaha fecha estrutura, corrige tropeço com Morbidelli e dá nova chance a Dovizioso
Caos gerado por Viñales abre inesperada segunda chance para Dovizioso na MotoGP
Pódio coroa trajetória de Aleix Espargaró e mostra que Aprilia enfim está no rumo certo
Rivais reconhecem força de Quartararo e começam a jogar toalha na briga pelo título
Pódio premia longo e árduo trabalho de Aleix Espargaró para reconstruir Aprilia na MotoGP
Rins finalmente desencanta após série de quedas e até lesão na MotoGP 2021

FATOR VIÑALES: APRILIA FORTALECE EQUIPE E AUMENTA POTENCIAL NA MOTOGP | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar