Nakagami exalta grande apoio da Honda no GP da Andaluzia: “Bom para o futuro”

O japonês foi o melhor piloto da Honda nas passagens por Jerez, destacando o aumento da ajuda fornecida pela equipe ao longo dos dias

Takaaki Nakagami teve GP da Andaluzia memorável. Terminando a corrida em quarto, o japonês conseguiu não só o melhor resultado de sua carreira na MotoGP, onde corre desde 2018, como também sentiu que o apoio da Honda aumentou consideravelmente durante o final de semana.

O início de campeonato foi um tanto quanto tumultuado para a fábrica nipônica. No GP da Espanha, Cal Crutchlow sequer pôde largar por ter sofrido um acidente no warm-up e terminou com o punho direito fraturado. Na corrida, foi a vez de Marc Márquez cair e quebrar o úmero direito.

A dupla precisou passar por cirurgia, mas logo voltou para Jerez de la Frontera para a segunda etapa da temporada. Entretanto, o #93 não conseguiu participar da prova, enquanto o inglês precisou lidar com a lesão, terminando em 13º. Álex Márquez também teve revés: na classificação, caiu e largou em último; terminou a disputa em oitavo.

Portanto, o grande destaque da marca nipônica foi Nakagami. Nas duas oportunidades, foi o melhor colocado da Honda ao conseguir uma décima posição e um quarto lugar. Ainda, ficou a 6s113 de ser o primeiro japonês a conseguir um pódio na classe rainha desde Katsuyuki Nakasuga em 2012.

Takaaki Nakagami (Foto: Red Bull Content Pool)

“Neste fim de semana, Marc não foi capaz de disputar a corrida e Takeo [Yokoyama, diretor-técnico da HRC] muitas vezes ficou em nossa garagem. Checou meus dados de pilotagem em comparação com Marc e me deu alguns conselhos em como parar a moto, [dizendo] ‘Marc está fazendo isso, vamos tentar’’’, explicou o piloto da LCR.

“Albert [Puig, chefe da Honda] também veio dizer ‘oi’ várias vezes e deu alguns conselhos para a corrida. Esse foi um ótimo apoio da HRC e é bom para o futuro. Cheguei perto do pódio”, continuou o japonês.

“Estou orgulhoso, mas decepcionado porque foi uma trinca da Yamaha e caso chegasse ao pódio, talvez seria uma história diferente. Mas, de qualquer maneira, dei o meu melhor”, encerrou o competidor de 28 anos.

Nakagami ainda não tem seu futuro definido para a temporada 2021 da MotoGP. Por enquanto, na LCR, a única confirmação é a ida do mais novo dos Márquez para a vaga de Cal Crutchlow.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube