Suzuki torce por sucesso na F1, mas sonha com reunião com Brivio: “Não será em 2022”

Líder de projeto e chefe de equipe de Suzuki, Shinichi Sahara contou que costuma falar com Davide Brivio com frequência, inclusive em fins de semana de corrida, mas torceu para que o italiano tenha sucesso na Fórmula 1

BINDER FAZ LAMBANÇA NO ALGARVE E AMPLIA DEBATE POR IDA PRECOCE À MOTOGP | GP às 10

A Suzuki não escapou de falar sobre os rumores da volta de Davide Brivio à MotoGP em 2022 durante a passagem por Valência. Líder de projeto e chefe da equipe, Shinichi Sahara destacou que quer voltar a trabalhar com o italiano no futuro, mas considerou que esta não é uma possibilidade para o próximo ano.

Brivio comandou a Suzuki entre 2015 e 2020, inclusive na conquista do título de Joan Mir no ano passado. No entanto, após a vitória, Davide deixou a MotoGP para trabalhar com a Alpine na Fórmula 1. Nas últimas semanas, porém, surgiram rumores de que o italiano pode desfazer a troca e voltar ao Mundial de Motovelocidade.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Shinichi Sahara reconheceu que ficou puxado acumular funções (Foto: Divulgação/MotoGP)

WEB STORY
Como ficou o grid de 2022 da MotoGP

Inicialmente, a Suzuki optou por não substituir Brivio e deixou Sahara acumulando as funções de líder de projeto e chefe de equipe. Agora, porém, a equipe sente que é necessário ter alguém no comando, até para que Shinichi fique mais livre para trabalhar no desenvolvimento da GSX-RR.

“Meu novo papel como chefe de equipe de demais para mim, mas tudo está feito rapidamente com o apoio da equipe, então estou muito satisfeito”, disse Sahara nesta sexta-feira (12) durante uma coletiva dos chefes de equipe da MotoGP em Valência. “Estou tentando fazer uma nova estrutura para o próximo ano, ter um novo chefe de equipe e isso agora está resolvido”, explicou.

“No momento, não posso dizer nada a respeito disso”, acrescentou.

Questionado se existe a possibilidade de este novo chefe de equipe ser o velho chefe de equipe, Sahara respondeu: “Davide ainda é um bom amigo meu. Às vezes, eu falo com ele pelo telefone, até mesmo em fins de semana de corrida”.

“Eu realmente quero que ele tenha sucesso na Fórmula 1 e, no futuro, espero que possamos trabalhar juntos, na mesma equipe”, torceu. “Mas, no próximo ano, não será”, completou.

A classificação da MotoGP para o GP da Comunidade Valenciana, em Valência, acontece no sábado, às 10h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

LEIA TAMBÉM
Acosta conquista merecido título da Moto3 e cria expectativas para futuro no Mundial
Bagnaia domina rivais, alcança melhor fase e se coloca como um dos favoritos para 2022

CINCO DISPUTAS PARA SE OBSERVAR NO FIM DO MUNDIAL DE MOTOVELOCIDADE | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar