Rossi confirma ida de parte da equipe técnica da SRT para VR46 na temporada 2022

Com a aposentadoria do multicampeão, Matteo Flamigni, David Muñoz e Idálio Gavira vão trabalhar com Luca Marini e Marco Bezzecchi na temporada 2022 da MotoGP

CINCO MOTIVOS PARA FICAR DE OLHO NA MOTOGP EM MISANO | GP às 10

Valentino Rossi se antecipou mais uma vez e confirmou que parte da atual equipe técnica na SRT vai trabalhar com a VR46 na temporada 2022 da MotoGP. Apesar de os pilotos da escuderia de Tavullia ainda não terem sido oficialmente confirmados, o multicampeão confirmou que Matteo Flamigni, David Muñoz e Idálio Gavira vão deixar a SRT no fim do ano para trabalhar com Luca Marini e Marco Bezzecchi na nova equipe satélite da Ducati.

Flamigni é um parceiro de longa data de Rossi. Os dois começaram a trabalhar juntos em 2004, quando o piloto chegou à Yamaha. O engenheiro de dados acompanha o #46 desde então, passando por Ducati, voltando ao time de Iwata e agora no fim da carreira na SRT.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Parte da equipe de Valentino Rossi seguirá com ele mesmo após aposentadoria (Foto: SRT)

MATEMÁTICA DO TÍTULO
Com 52 pontos de frente, Quartararo tem primeira chance de fechar título de 2021 da MotoGP em Misano

Muñoz, por outro lado, assumiu a chefia de equipe de Rossi em 2020, substituindo Silvano Galbuera, que, por sua vez, tinha tomado o lugar do lendário Jeremy Burguess. David chegou a trabalhar na VR46 antes, quando guiou Francesco Bagnaia ao título de 2018 da Moto2.

Gavira, por sua vez, passou a atuar como coach de Rossi em 2019, ainda no time de fábrica da Yamaha.

“Não sei se é oficial, mas acho que a minha equipe ― David, Matteo ― vão trabalhar conosco”, disse Rossi. “Acho que um deles com o meu irmão e outro com Bezzecchi”, seguiu.

“Além disso, Idálio Gavira, meu técnico, vai trabalhar para nós e ser o técnico dos dois pilotos. Eles têm muita experiência trabalhando no topo, então é bom ter este tipo de experiência trabalhando na nossa equipe”, comemorou.

O GP do Feito na Itália e da Emília-Romanha de MotoGP, em Misano, acontece no domingo (24), às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

LEIA TAMBÉM
Quartararo aumenta vantagem e tem primeiro match-point da MotoGP em Misano
Marc Márquez devora adversários e reestabelece reinado no Circuito das Américas
Dez fatores que explicam por que Quartararo está a caminho do título da MotoGP
Suzuki aparece irregular e longe das vitórias, e Mir vê defesa do título escapar
Marc Márquez 2011 x Raúl Fernández 2021: recordistas de vitórias na estreia na Moto2
MotoGP estica corda com maior calendário da história para temporada 2022
Esquerda ou direita? O que estatísticas dizem sobre força de Marc Márquez na MotoGP
Gardner x Raúl Fernández: duo da Ajo engrandece disputa da Moto2 na temporada 2021
Ducati forma aliança para ajudar Bagnaia a derrotar Quartararo na reta final da MotoGP
Yamaha repete Honda e põe Darryn Binder para dar passo maior que a perna na MotoGP

ADEUS DE ROSSI E TRIBUTO A SIMONCELLI: MOTOGP TRANSBORDA EMOÇÃO EM MISANO | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar