Sainz deseja “o melhor” para Masi, mas afirma que direção de prova “precisa ser correta”

Ferrarista disse ter certeza que ex-diretor de provas terá muitas responsabilidades em sua nova função na FIA, ainda a ser definida

FÓRMULA 1 MUDA REGRA PARA EVITAR REPETECO DA BÉLGICA. VAI DAR CERTO?

Pouco depois de a Ferrari começar o evento de lançamento da F1-75, o modelo para a temporada de 2022, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou a saída de Michael Masi da função de diretor de provas. Por conta disso, ficou difícil para a escuderia italiana fugir dos questionamentos da imprensa sobre o assunto.

Carlos Sainz, em meio a negociações para a extensão de seu contrato com o time italiano, não ficou em cima do muro e, apesar de reconhecer o trabalho de Masi junto à entidade que rege o esporte, afirmou que as mudanças propostas pelo órgão regulador são bem-vindas.

LEIA TAMBÉM
+Sainz elogia visual radical da Ferrari, mas se preocupa com visibilidade: “Pode ser difícil”

CARLOS SAINZ; FÓRMULA 1; FERRARI;
Piloto de 27 anos comentou a saída do ex-diretor de provas (Foto: Ferrari)

“Gostaria de desejar o melhor para Michael (Masi) em sua nova função. Tenho certeza que ele terá muitas responsabilidades porque nós, como pilotos, confiamos no que ele tem feito recentemente e no que fez para o benefício da Fórmula 1”, disse o espanhol.

“Mas também aceitamos que essa função (direção de provas) precisa ser feita da maneira correta. Precisa ser feita e apoiada, como a FIA está planejando. Gosto das ideias que vejo deles (FIA). Espero que possamos continuar melhorando como esporte e que as regras também consigam dar maior clareza para todos os pilotos, fãs e times”, explicou Sainz, que aproveitou a ocasião para desejar boas-vindas aos novos diretores de prova.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Niels Wittich e Eduardo Freitas assumirão o posto em finais de semana alternados, conforme anunciado pelo presidente da entidade, Mohammed Bem Sulayem. Além deles, Herbie Blash irá ocupar o cargo de conselheiro-sênior permanente, auxiliando a dupla.

“Tenho certeza que eles vão ter uma tarefa difícil de se completar. Nós vimos nos últimos anos que, na F1, é um papel muito difícil, especialmente na sucessão de Charlie Whiting, que todos nós sentimos falta”, finalizou o piloto.

Outro a comentar a saída de Michael Masi foi o companheiro de equipe de Sainz, Charles Leclerc. Para o monegasco, é preciso acreditar 100% na decisão tomada pela FIA.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Tenho muito respeito por Michael e por tudo que ele fez. Esteve em uma função particularmente difícil nos últimos anos, e especialmente em Abu Dhabi, claro. Com um final daqueles, seria sempre controverso. Mas a FIA tomou uma decisão e tem muitas informações a mais do que eu. Então, acredito plenamente de que essa foi a melhor decisão e vamos em frente”, afirmou.

A escuderia italiana também se manifestou quanto à saída de Masi, na figura do chefe de equipe, Mattia Binotto. O italiano, ainda no dia do lançamento da F1-75, ressaltou a dificuldade que a função acarreta, de tomar decisões rápidas em momentos de alta pressão.

FERRARI APRESENTA F1-75, CARRO PARA A TEMPORADA 2022 DA F1 | React
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar