Hamilton diz que Ferrari é “sonho de infância” e destaca “momento ideal” para mudança

Lewis Hamilton usou suas redes sociais para publicar um longo texto e dar a primeira declaração após assinar com a Ferrari. O britânico, porém, reforçou o compromisso com a Mercedes para a temporada 2024 da Fórmula 1

O mundo da Fórmula 1 segue focado em só assunto nos últimos dias: a ida de Lewis Hamilton para a Ferrari em 2025. Neste sábado (3), o britânico usou suas redes sociais para escrever um longo texto e fazer a primeira declaração sobre a decisão. Na publicação, o heptacampeão mundial ressaltou que vai seguir comprometido com a atual equipe até o final de 2024.

Hamilton deixa a Mercedes após mais de uma década. A parceria, neste período, foi uma das mais vitoriosas da história da F1, com seis títulos mundiais e 82 vitórias. A caminhada entre as duas partes, porém, começou muito antes, já que o piloto foi pupilo da McLaren que, no início do século, também recebia motores da montadora alemã.

No longo texto publicado, Hamilton aproveitou para agradecer a todos que o acompanharam nos últimos anos na Mercedes, citou a ida para a Ferrari como sonho de infância e ainda relembrou a importância do ex-piloto Niki Lauda, falecido em 2019, em sua carreira.

“Foram loucos dias recheados de diversas emoções. Como vocês bem sabe, depois de 11 incríveis anos na Mercedes, chegou o momento de iniciar um novo capítulo em minha vida e vou para a Ferrari em 2025. Me sinto muito feliz. Depois de alcançar coisas com a Mercedes que eu apenas sonhava quando criança, agora tenho a chance de realizar outro sonho de infância: pilotar pela Ferrari”, afirmou.

F1; FÓRMULA 1; LEWIS HAMILTON; HEPTACAMPEÃO; GP DA TURQUIA;
Hamilton levou seis títulos pela Mercedes e se colocou entre os maiores da F1(Foto: LAT Images/Mercedes)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“A Mercedes foi uma grande parte da minha vida, desde os 13 anos, então essa decisão foi uma das mais difíceis que já tomei. Estou orgulhoso de tudo que alcançamos juntos e muito grato pelo trabalho e dedicação de todos com quem estive ao longo dos anos. E, claro, o Toto [Wolff] pela amizade e liderança. Juntos, vencemos muitos títulos, quebramos recordes e nos tornamos a parceria mais vitoriosa da história da Fórmula 1. E não posso esquecer do Niki [Lauda], que me deu um grande apoio e sinto falta todos os dias até hoje”, seguiu.

“Mas o momento é ideal para uma mudança e para assumir um novo desafio. Ainda lembro o sentimento de dar um voto de confiança no escuro quando cheguei à Mercedes em 2013. Sei que algumas pessoas não entenderam naquele momento, mas eu estava decidido a fazer a mudança e tenho esse sentimento de novo. Estou empolgado pelo que essa nova oportunidade vai me oferecer e pelo que vamos fazer juntos”, pontuou o heptacampeão.

“Apesar disso, no momento, não estou pensando em 2025. Meu foco é na próxima temporada e voltar aos trilhos com a Mercedes. Estou mais determinando do que nunca, mais em forma e focado do que antes e quero ajudar a Mercedes a vencer novamente. Estou 100% comprometido com o trabalho que tenho e empenhado em terminar essa parceria em alta. Obrigado a todos que estiveram comigo nesta jornada, vocês me ajudaram a alcançar sonhos e espero continuar deixando todos orgulhosos”, finalizou.

A saída de Hamilton já vinha se desenhando há um tempo. Em 2023, o rumor de uma possível ida de Hamilton para a Ferrari ganhou força com a proximidade da silly season, mas, de início, ambos os lados negaram o contato. Até que Lewis admitiu que teve “conversas casuais” com os italianos, sem contrato oferecido, mas confessou que “não se sentia pronto para mudar para a Itália”.

Também em 2023, o inglês tinha renovado seu contrato com a Mercedes por mais duas temporadas — ou seja, ficaria até o final da temporada de 2025. No fim, porém, decidiu abrir mão do último ano de acordo para que mudasse de equipe e, assim, seguisse novo caminho no grid da F1. Na Ferrari, vai correr ao lado de Charles Leclerc, que recentemente renovou seu contrato com a escuderia.

Fórmula 1 retorna às pistas de 21 a 23 de fevereiro, com os testes coletivos da pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.