Quartararo destaca “trabalho árduo” da Yamaha e diz: “Podemos ter grande ano juntos”

Depois de uma temporada das mais complicadas em 2023, Fabio Quartararo espera que mudanças tornem a YZR-M1 mais competitiva na MotoGP em 2024

Fabio Quartararo acredita que pode alcançar grandes resultados com a Yamaha na campanha 2024 da MotoGP. Durante a apresentação da YZR-M1, que aconteceu nesta segunda-feira (5), o campeão de 2021 se mostrou otimista após o “trabalho árduo” da equipe e acredita que o novo projeto vai proporcionar uma evolução para o time que terminou 2023 na penúltima posição no Mundial de Construtores.

Depois do título em 2021 e do vice em 2022, Quartararo não conseguiu ser competitivo na MotoGP em 2023 e terminou o ano apenas na décima posição. O momento ruim chegou a abalar a relação entre piloto e equipe, com recentes declarações que indicavam uma possível ruptura.

Para 2024, no entanto, a Yamaha está passando por um processo de reestruturação e fez algumas melhorias no motor e também na parte aerodinâmica. Quartararo está confiante de que o time pode avançar na tabela com as mudanças introduzidas e espera conseguir trabalhar bem com elas já nos testes de pré-temporada.

Fabio Quartararo espera ano mais competitivo na MotoGP em 2024 (Foto: Yamaha)

“É o início da nova temporada, e isso é sempre emocionante! Todos estão começando do zero novamente e sei que tanto a equipe quanto eu estamos super motivados para trabalhar o máximo possível durante os testes de Sepang. Um bom começo de 2024 – mesmo que sejam apenas testes de pré-temporada – pode resultar em uma grande vantagem mais tarde”, destacou o francês. 

“Então, como sempre, colocaremos tudo o que temos em cada dia, em cada sessão, em cada corrida e em cada volta. Sei que a Yamaha tem trabalhado arduamente nos bastidores, por isso penso que se continuarmos indo ao limite, poderemos ter um grande ano juntos. Quero lutar na frente e quero cumprimentar meus fãs no degrau mais alto do pódio novamente!”, finalizou Quartararo.

Sem equipamento competitivo em 2023, Fabio conquistou três pódios e ficou apenas na décima posição depois de somar 172 pontos. A Yamaha, por sua vez, foi a penúltima entre os construtores com apenas 196 tentos.

MotoGP volta a acelerar entre 6 e 8 de fevereiro de 2024, com os testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.