Bagnaia lidera de ponta a ponta e vence GP do Algarve encerrado com bandeira vermelha

Francesco Bagnaia controlou e venceu com autoridade o GP do Algarve, sem dar chances para os rivais, garantindo o vice da MotoGP em 2021. Joan Mir e Jack Miller fecharam o pódio, mas Fabio Quartararo abandonou

AUMENTO NA IDADE MÍNIMA É REAÇÃO NECESSÁRIAS A TRAGÉDIAS DO MOTOCICLISMO | GP às 10

Francesco Bagnaia simplesmente não deu chances para a concorrência no GP do Algarve. Depois de uma grande volta na classificação, o italiano da Ducati liderou todas as voltas da corrida em Portimão e venceu pela terceira vez no campeonato, garantindo o vice em 2021 e também o título de Construtores para a montadora italiana.

Joan Mir fez boa largada e pulou para o segundo lugar, mas não conseguiu acompanhar o ritmo do italiano e ficou com a segunda posição, voltando ao pódio após longo jejum. Jack Miller sofreu com Álex Márquez, mas terminou em terceiro, seguido de perto pelo rival.

Johann Zarco ficou em quinto, com Pol Espargaró, Jorge Martín, Álex Rins, Enea Bastinini e Brad Binder fechando o top-10. Novo campeão da MotoGP, Fabio Quartararo caiu durante a prova e abandonou pela primeira vez no ano.

Francesco Bagnaia venceu de ponta a ponta em Portimão (Foto: AFP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A corrida em Portimão terminou a duas voltas do fim, após a bandeira vermelha aparecer em um acidente entre Miguel Oliveira e Iker Lecuona. O português precisou de atendimento médico e, por isso, a prova foi suspensa. Mesmo assim, ambos estão bem e conscientes.

MotoGP volta a acelerar no próximo domingo (14), para a última etapa da temporada, o GP da Comunidade Valenciana, em Valência. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Confira como foi o GP do Algarve, penúltima prova da MotoGP 2021:

O sol apareceu com força em Portimão, mas baixas temperaturas, na casa de 21°C no ar e apenas 29°C no asfalto. Com isso, a seleção de pneus mostrou unanimidade do grid nos médios na dianteira. Na traseira, porém, o pelotão dividiu-se entre médios e duros, mas ninguém optou pelos macios.

Na largada, Francesco Bagnaia hesitou e foi superado pelo companheiro Jack Miller. Na primeira curva, porém, o italiano recuperou-se e assumiu a ponta de novo. Mir ficou em terceiro, seguido por Jorge Martín.

Mais atrás, Danio Petrucci caiu e abandonou a prova logo na primeira volta. Enquanto isso, Mir ultrapassava Miller e tomava o segundo posto.

Francesco Bagnaia largou mal, mas manteve-se em primeiro (Vídeo: MotoGP)

No início da segunda volta, Iker Lecuona forçou uma ultrapassagem contra Pol Espargaró no fim da reta principal, ambos passaram reto e Fabio Quartararo aproveitou-se para assumir o quinto lugar.

Na terceira volta, Mir fez a melhor volta da prova e partiu para o ataque com Bagnaia na liderança. Enquanto isso, Miller segurava o resto do pelotão e Álex Márquez superava Quartararo.

Nas voltas seguintes, Bagnaia passou a administrar a diferença para Mir. Álex Márquez ultrapassou Martín e assumiu o quarto lugar.

No sétimo giro, Lecuona novamente passou reto no fim da reta principal e caiu para o 12º lugar. Na volta seguinte, Aleix Espargaró caiu e abandonou a disputa.

Lecuona forçou manobra contra Pol Espargaró e ambos saíram da pista (Vídeo: MotoGP)

Bagnaia começou a ficar tranquilo na liderança e abriu 0s6 para Mir. Por outro lado, Miller reagiu e diminuiu a desvantagem para o espanhol da Suzuki, ficando 0s8 atrás.

Único integrante da família Márquez na etapa, Álex passou por Jack Miller no fim da reta e tomou o terceiro lugar. Logo depois, foi a vez de Quartararo errar e ser superado por Johann Zarco.

Na frente, Pecco seguiu abrindo vantagem e aparecia 2s na frente de Mir no 14º giro da corrida.

Durante a prova, o ritmo caiu, com muitos grupos de pilotos próximos, mas poucas chances de ultrapassagem, mesmo nas longas retas do circuito português.

Jack Miller e Álex Márquez travaram bom duelo em Portimão (Vídeo: MotoGP)

A 7 voltas para o fim, Miller usou o vácuo na reta principal e tentou a manobra contra Márquez, mas o espanhol rapidamente deu o troco e seguiu no terceiro lugar.

Mais atrás, uma boa briga se desenrolava entre Martín, Zarco, Quartararo e Pol Espargaró pela quinta colocação da prova. A cinco voltas para o fim, Johann ultrapassou e passou a liderar o pelotão.

Segundos depois, na curva 5, Quartararo perdeu o controle da moto e abandonou a primeira corrida como campeão mundial, além do primeiro abandono no campeonato.

Miller aproveitou-se da potência da Ducati, usou o vácuo a seu favor e assumiu novamente a terceira colocação da corrida.

Bandeira vermelha encerrou a prova em Portimão (Foto: Reprodução/MotoGP)

A duas voltas para o fim, a terrível etapa caseira de Miguel Oliveira se encerrou. Em incidente com Iker Lecuona, o português caiu e ambos abanondaram a prova.

O incidente, porém, causou uma bandeira vermelha e, assim, o encerramento precoce da prova para atendimento médico a Oliveira. Com isso, vitória de Bagnaia, com Mir e Miller fechando o pódio.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo renasce após derrota dolorida e conquista merecido título na MotoGP 2021
Quartararo justifica aposta e tira Yamaha da fila após cinco anos de jejum na MotoGP

Marc Márquez vence fora da zona de conforto e ganha fôlego em recuperação na MotoGP
Pódio de Pol Espargaró é tão importante para Honda quanto vitórias de Marc Márquez
FIM precisa adotar superlicença para selecionar melhor quem pode correr na MotoGP
Yamaha e Ducati se enfrentam na reta final de 2021 por títulos de Construtores e Equipes
Morbidelli mostra sinais de recuperação e fortalece planejamento de 2022 com Yamaha

MotoGP 2021, GP do Algarve, Portimão, Corrida:

1F BAGNAIADucati38min17s720
2J MIRSuzuki+2.478
3J MILLERDucati+6.402
4A MÁRQUEZLCR Honda+6.453
5J ZARCOPramac Ducati+7.882
6P ESPARGARÓHonda+9.573
7J MARTÍNPramac Ducati+10.144
8A RINSSuzuki+10.742
9E BASTIANINIAvintia Ducati+13.840
10B BINDERKTM+14.487
11T NAKAGAMILCR Honda+20.912
12L MARINIAvintia VR46 Ducati+22.450
13V ROSSISRT Yamaha+22.752
14A DOVIZIOSOSRT Yamaha+26.207
15S BRADLHonda+26.284
16M VIÑALESAprilia Gresini+26.828
17F MORBIDELLIYamaha+27.863
18M OLIVEIRAKTM+1 volta
19I LECUONATech3 KTM+1 volta
20F QUARTARAROYamaha+3 voltas
21A ESPARGARÓAprilia Gresini+16 voltas
22D PETRUCCITech3 KTM+23 voltas 
DUCATI ABUSA DE ERROS E PERDE OUTRO TÍTULO NA MOTOGP | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar