Martín diz que perdeu título na Indonésia: “Desejo de humilhar rivais me fez falhar”

Jorge Martín considerou que a queda no GP da Indonésia, cerca de 24h após ter tomado a liderança da MotoGP, foi o momento decisivo na disputa pelo título. O espanhol admitiu que errou ao tentar humilhar os rivais

Jorge Martín avaliou que se “sentir tão superior e querer humilhar” no GP da Indonésia impactou diretamente na luta pelo título da MotoGP. O espanhol acredita que o título foi perdido por ele na disputa de Mandalika.

Martín levou a briga com Francesco Bagnaia até a corrida final da temporada 2023, mas, de fato, comandou o campeonato por um único dia, após vencer a corrida sprint da Indonésia. Na hora do GP, porém, o #89 caiu quando liderava com folga.

Relacionadas


Em uma polêmica participação no programa ‘El Hormiguero’, da emissora espanhola Antena 3, Martín fez uma espécie de mea culpa e reconheceu que perdeu o controle na reta final da temporada. Jorge revelou que o nervosismo de brigar pelo título o fez estourar com a Pramac.

“Nas últimas corridas, a pressão estava no teto e qualquer coisa que desse errado, eu ia para cima deles. Não foi um período feliz e meu nervosismo se refletiu na equipe”, contou Martín. “Entendi que aquela atitude não funcionaria. Foi uma lição importante”, comentou.

Jorge Martín avaliou que o GP da Indonésia foi decisivo em 2023 (Foto: Gold & Goose/ Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A lição, porém, não foi a única. Martín acredita que o desejo de humilhar os adversários no GP da Indonésia o fez falhar.

“Não acho que tenha perdido o título em Valência. O que ainda me machuca é a corrida da Indonésia. Eu estava liderando com uma vantagem de 3s e, com aquele resultado, talvez eu tivesse vencido o campeonato”, declarou. “Me sentir tão superior naquele momento e querer humilhar meus oponentes por assim dizer, me fez falhar. Aprendi que você pode vencer por 1s ou 0s2, mas os pontos seguem os mesmos”, encerrou.

MotoGP volta a acelerar entre 6 e 8 de fevereiro de 2024, com os testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Marc Márquez bem encaixado na Ducati é dor de cabeça para todos os demais
🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.