Suzuki crava pole-position da Moto3 para GP da Espanha. Acosta larga em 13º

Tatsuki Suzuki nem precisou da última tentativa em Jerez para marcar a pole para o GP da Espanha. Jeremy Alcoba e Andrea Migno completam a primeira fila do grid, mas o líder do campeonato Pedro Acosta sai só em 13º

Marc Márquez sofreu forte acidente no fim do TL3 (Vídeo: MotoGP)

Tatsuki Suzuki, mesmo sem querer, fez a classificação da Moto3 parecer fácil em Jerez. Com o tempo de 1min45s807, o japonês marcou a pole para o GP da Espanha neste sábado (1), sem nem precisar da última tentativa.

O piloto da Sic58 abriu a última volta depois da bandeira quadriculada e, com isso, não conseguiu melhorar seu tempo. Mesmo assim, foi suficiente para garantir a pole. Jeremy Alcoba e Andrea Migno fecham a primeira fila do grid.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Gabriel Rodrigo ficou em quarto no grid (Foto: Indonesian Gresini Team)

WEB STORY
⇝ Fatos e curiosidades sobre o GP da Espanha de MotoGP

Gabriel Rodrigo ficou na quarta posição, seguido por Romano Fenati, John McPhee, Darryn Binder, Ayumu Sasaki, Niccolò Antonelli e Deniz Öncü completam o top-10. Pedro Acosta, líder do campeonato, larga apenas na 13ª posição.

Por conta de acidentes causados no GP de Portugal, Adrián Fernández e Kaito Toba foram punidos para o GP da Espanha, mas não no grid de largada. Ambos vão precisar cumprir uma punição de volta longa, em área delimitada pelos comissários, durante a corrida deste domingo.

A largada do GP da Espanha de Moto3, neste domingo (2), está prevista para 6h da manhã (horário de Brasília). Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Acosta vai ao Q2 em quarteto da casa

Em um início de tarde de sol, a Moto3 encontrou boas condições para a classificação na Espanha. Quando os pilotos foram para a pista para o Q1, os termômetros mediam 19°C, com o asfalto chegando a 36°C. A velocidade do vento era de 6 km/h.

Com 1min47s229, Izán Guevara abriu a sessão no topo do Q1, 0s102 melhor que Dennis Foggia. Stefano Nepa era o terceiro, seguido por Sergio Garcia. No giro seguinte, Andi Farid Izdihar tomou a ponta, também 0s102 melhor que Nepa. Max Kofler e Guevara seguiam dentro do top-4, com Riccardo Rossi abaixo da linha de corte por 0s038.

Andi Farid Izdihar liderou os primeiros minutos do Q1 da Moto3 (Vídeo: MotoGP)

Quando os pilotos partiram para a rodada de pit-stops, Pedro Acosta, líder do Mundial, ainda tinha o oitavo tempo, 0s637 atrás do então ponteiro Izdihar.

De volta à pista, Carlos Tatay foi a 1min46s388 e assumiu o comando, 0s349 melhor que Izdihar. Já com a bandeira quadriculada tremulando em Jerez, Acosta registrou 1min46s138 e assumiu a liderança após um ligeiro duelo com Ryusei Yamanaka, com Guevara aparecendo para ser segundo, 0s026 mais lento.

Tatay caiu para terceiro, com Jeremy Alcoba aparecendo para ficar com a quarta colocação. Por 0s076, Yamanaka não passou da linha de corte e vai largar em 19º, seguido por Sergio Garcia, Adrián Fernández, Foggia, Rossi, Nepa, Kaito Toba, Kofler e Lorenzo Fellon.

Pedro Acosta garantiu salto de fase do final do Q1 (Vídeo: MotoGP)

Suzuki crava pole do GP da Espanha

Com 1min45s979, Tatsuki Suzuki foi o primeiro ocupar a pole provisória da Moto3, 0s028 melhor que Andrea Migno. Darryn Binder era o dono do terceiro tempo.

O japonês da Sic58 melhorou para 1min45s807 na volta seguinte para manter a liderança, agora com 0s200 de frente para Migno. John McPhee era o terceiro.

Ainda nos primeiros minutos da sessão, Binder perdeu a traseira na curva 7 e acabou ejetado da moto da SRT. Apesar do susto, o sul-africano não sofreu lesões maiores e logo pegou uma carona para retornar aos boxes.

Tatsuki Suzuki dominou a primeira metade do Q2 (Vídeo: MotoGP)

No retorno à pista, ninguém conseguiu superar Suzuki pela pole da Moto3, mas Jeremy Alcoba pulou para a segunda colocação, reduzindo a margem do piloto da Sic58 para 0s125. Migno confirmou o terceiro posto, à frente e Gabriel Rodrigo e Romano Fenati. McPhee acabou em sexto, seguido por Binder, Ayumu Sasaki, Antonelli e Öncü.

Líder do Mundial, Pedro Acosta fez a melhor volta em 1min46s667 e ficou com a 13ª colocação, 0s860 atrás de Suzuki.

LEIA MAIS
⇝ Quartararo leva melhor em revanche com Portimão e mostra maturidade na MotoGP
⇝ Polêmicas em Portimão ligam alerta da MotoGP com novos painéis e limites de pista
⇝ Inconstante, Viñales tem desafio de provar que GP de Portugal pífio foi acidente
⇝ Até quando? Haters sobem tom e afastam pilotos da MotoGP das redes sociais
⇝ Chegada à Europa confirma evolução da Aprilia e aproxima Aleix Espargaró do pódio
⇝ Permuta e homenagem conjunta: a nova relação entre MotoGP e Fórmula 1
⇝ Rossi fornece máquina de lavar e macula imagem unindo VR46 e Arábia Saudita

Moto3 2021, GP da Espanha, Jerez, Classificação:

1T SUZUKISIC58 Honda1:45.807 
2J ALCOBAGresini Honda1:45.932+0.125
3A MIGNOSnipers Honda1:46.007+0.200
4G RODRIGOGresini Honda1:46.048+0.241
5R FENATIMAX Husqvarna1:46.166+0.359
6J MCPHEESIC HONDA1:46.185+0.378
7D BINDERCIP KTM1:46.288+0.481
8A SASAKIAvintia KTM1:46.312+0.505
9N ANTONELLIAvintia KTM1:46.440+0.633
10D ÖNCÜTech3 KTM1:46.449+0.642
11I GUEVARAAspar KTM1:46.522+0.715
12F SALACSnipers Honda1:46.566+0.759
13P ACOSTARed Bull KTM Ajo1:46.667+0.860
14J DUPASQUIERPrüstel KTM1:46.714+0.907
15J MASIÀLeopard Honda1:46.843+1.036
16C TATAYTech3 KTM1:47.060+1.253
17X ARTIGASLeopard Honda1:47.517+1.710
18Y KUNIIAsia Honda1:47.686+1.879
19R YAMANAKAEstrella Galicia 0,0 Honda1:46.539+0.732
20A FARID IZDIHARAsia Honda1:46.737+0.930
21S GARCIAAspar KTM1:46.754+0.947
22A FERNÁNDEZMAX Husqvarna1:46.763+0.956
23D FOGGIALeopard Honda1:46.777+0.970
24R ROSSIRBA KTM1:45.830+0.023
25S NEPAAspar KTM1:46.839+1.032
26K TOBARed Bull KTM Ajo1:46.867+1.060
27M KOFLERCIP KTM1:47.114+1.307
28L FELLONSIC58 Honda1:47.686+1.879

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube