Aleix Espargaró diz que “ninguém possui informações” sobre acidente de Marc Márquez

O misterioso acidente de Marc Márquez às vésperas do GP do Algarve continua intrigando pilotos e pessoas do paddock da MotoGP. Aleix Espargaró e Álex Márquez comentaram sobre o assunto

AUMENTO NA IDADE MÍNIMA É REAÇÃO NECESSÁRIAS A TRAGÉDIAS DO MOTOCICLISMO | GP às 10

Marc Márquez caiu durante um treino off-road, preparando-se para o GP do Algarve, e sofreu uma concussão. Com isso, não vai participar da etapa deste fim de semana. Mesmo assim, ainda há muitos mistérios sobre o acidente e nem mesmo o irmão dele, Álex Márquez, possui informações. Aleix Espargaró, da Aprilia, também comentou sobre o assunto.

Questionado às vésperas do fim de semana em Portimão, o piloto da LCR Honda afirmou que também não sabe muitos detalhes sobre o estado de saúde do irmão que é hexacampeão da MotoGP, pois não estava presente no momento do incidente.

“Eu não estava lá, fiquei em casa. Meu plano de treinos era um pouco diferente, fiquei na academia e correndo. Ele foi fazer off-road em uma pista a cinco minutos de casa. Infelizmente, ele não está aqui, mas espero que esteja bem para Valência. É assim, treinamos todos os dias e o risco está sempre ali”, pontuou Álex Márquez.

Marc Márquez não vai correr em Portimão. Mas e em Valência? (Foto: Repsol)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Aleix Espargaró, outro piloto espanhol no grid da MotoGP, também comentou sobre a falta de informações divulgadas pela Honda e pela equipe de comunicação de Márquez. O piloto da Aprilia, inclusive, levantou algumas teorias durante a entrevista em Portimão.

“Não sei. Ninguém possui informações sobre o acidente. O comunicado fala em concussão, mas eu não sei, talvez seja um braço quebrado. Não tenho ideia. Precisamos acreditar que é uma concussão”, disse Aleix.

“Se é uma concussão, deve ser difícil. Se não fosse, Marc correria aqui, com certeza, nós o conhecemos do paddock. Mas é difícil julgar, cada lesão é diferente”, completou.

Marc Márquez e Aleix Espargaró nos treinos para o GP da Alemanha (Foto: Repsol)

Em entrevista ao canal italiano Sky, o chefe Alberto Puig explicou a situação do piloto, que já sofreu um grave acidente no ano passado, com fratura no braço direito. O dirigente, no entanto, evitou comentar sobre uma possível volta na última etapa do calendário.

“Marc bateu a cabeça enquanto um treino off-road nas montanhas próximas a Cervera. Foi uma batida leve, mas quando chegou em casa passou a sentir tonturas. Ele não possui nenhum problema em outras partes do corpo. Ele foi para Barcelona. Na segunda-feira, vai fazer novos exames para ver se consegue retornar em Valência”, afirmou.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 7 de novembro para o GP do Algarve, em Portimão. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo renasce após derrota dolorida e conquista merecido título na MotoGP 2021
Quartararo justifica aposta e tira Yamaha da fila após cinco anos de jejum na MotoGP

Marc Márquez vence fora da zona de conforto e ganha fôlego em recuperação na MotoGP
Pódio de Pol Espargaró é tão importante para Honda quanto vitórias de Marc Márquez
FIM precisa adotar superlicença para selecionar melhor quem pode correr na MotoGP
Yamaha e Ducati se enfrentam na reta final de 2021 por títulos de Construtores e Equipes
Morbidelli mostra sinais de recuperação e fortalece planejamento de 2022 com Yamaha

DUCATI ABUSA DE ERROS E PERDE OUTRO TÍTULO NA MOTOGP | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar