Dovizioso descarta superbike e põe motocross como destino pós-MotoGP

Em baixa desde que retornou ao Mundial de Motovelocidade após um período sabático, o italiano deixou claro que não tem interesse em fazer uma mudança para a superbike, ainda que acredite que poderia ser competitivo. Italiano indicou futuro no off-road

DO DOMÍNIO DE MARC MÁRQUEZ AO ZERO: A HONDA DE PONTA CABEÇA NA ALEMANHA

Andrea Dovizioso sinalizou que o motocross pode ser o destino pós-MotoGP. Aos 36 anos, o três vezes vice-campeão da classe rainha do Mundial de Motovelocidade descartou uma mudança para a superbike e garantiu que quer colocar em prática um projeto que tem no off-road.

Dovizioso voltou à MotoGP na reta final da temporada passada depois de alguns meses sabáticos após a saída da Ducati. A performance, entretanto, nunca mais foi a mesma. Andrea ainda não conseguiu pegar a mão com a YZR-M1 da M1 e hoje tem apenas a 22ª colocação no Mundial de Pilotos, com dez pontos, 162 a menos que o líder Fabio Quartararo.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo quebra jejum de 13 anos da Yamaha com vitória no GP da Alemanha
# Honda termina corrida sem pontuar pela primeira vez em 40 anos na MotoGP

Andrea Dovizioso não deve seguir na MotoGP em 2023 (Foto: RNF)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
▶️ Quartararo vence 3ª e amplia vantagem na MotoGP 2022

No início do mês, Andrea esteve em Misano para acompanhar a etapa do Mundial de Superbike, o que levantou rumores de um eventual interesse na série. Dovi, porém, garante que não está interessado em trocar os protótipos pelas motos de produção, ainda que sinta que pode ser competitivo.

“Superbike nunca foi uma opção”, disse Dovizioso. “Não estou dizendo que os derivados de produção não me interessam, mas a questão continua sendo o nível de competitividade que posso expressar”, seguiu.

“Eu poderia ser competitivo, mas dada a minha idade e o meu passado, não estou à procura de novas aventuras. Não tenho nada a provar e, neste momento, prefiro me divertir”, justificou.

O italiano de Forli indicou que o futuro pós-MotoGP será no off-road, colocando em prática um projeto de motocross.

“Gosto de motocross. É um setor emocionante, onde posso dar vida a um projeto que tenho em mente”, completou.

A MotoGP volta às pistas na próxima semana, para o GP da Holanda, em Assen, 11ª etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

LEIA TAMBÉM
Ducati prolonga avaliação e adia escolha entre Bastianini e Martín para vaga de Miller em 2023
MotoGP disponibiliza documentário ‘MotoGP Unlimited’ no Star+ para América Latina
Nakagami reitera culpa por “queda feia” e diz: “Aprecio muito, muito estar vivo”
Oliveira diz que “mostrou ser digno” de vaga na KTM e agora busca “novas oportunidades”
Aleix Espargaró fica ‘off’ e vai à Disney com família para “esquecer erro” da Catalunha
MotoGP anuncia inclusão de tricampeão Taveri no rol das Lendas no GP da Áustria
Mir diz que ainda “espera explicação” da Suzuki e vê Honda “fora do seu estilo de pilotagem”
Yamaha confirma “colaboração multianual” com ex-chefe de motores da Ferrari
RNF desconversa sobre Oliveira e diz buscar “combinação perfeita” para 2023
# Quartararo joga partida perfeita, anula potência alheia e dá outro passo rumo ao bi

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar