Bagnaia sente revés na Alemanha: “Quartararo mostrou que é mais completo do que eu”

Italiano não conseguiu entender o motivo da queda que o tirou do GP da Alemanha ainda na terceira volta da corrida. Piloto da Ducati lembrou que tinha mais ritmo e mais velocidade que o rival da Yamaha, mas, mesmo assim, o líder do Mundial venceu e ele abandonou mais uma vez

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP

Francesco Bagnaia saiu abalado do GP da Alemanha de MotoGP de domingo (19). Depois de registrar o quarto zero na temporada 2022, o italiano da Ducati avaliou que Fabio Quartararo é um piloto “mais completo” do que ele.

Depois de se destacar ao longo de todo o fim de semana e cravar a pole em Sachsenring, Pecco perdeu a liderança para Fabio no mergulho da curva 1, mas vinha fazendo sombra para o piloto de Nice na tentativa de recuperar a ponta. Na abertura da terceira volta, porém, Bagnaia perdeu a traseira da Desmosedici na saída da curva 1 e caiu, abandonando pela terceira vez nas últimas quatro corridas.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo quebra jejum de 13 anos da Yamaha com vitória no GP da Alemanha
# Honda termina corrida sem pontuar pela primeira vez em 40 anos na MotoGP

Francesco Bagnaia ficou sem explicação para a queda na Alemanha (Foto: Divulgação/MotoGP)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
▶️ Quartararo vence 3ª e amplia vantagem na MotoGP 2022

Como resultado, Francesco, que veio para 2022 como favorito ao título, agora tem a sexta colocação na classificação do Mundial de Pilotos, com 91 pontos de atraso em relação a Quartararo, o líder da classificação.

Além do abalo pelo novo abandono, Pecco ficou especialmente incomodado por ainda não ter uma explicação para a queda ainda no início do GP da Alemanha.

“Estou tentando reviver, não sei, repetir na minha mente o que aconteceu. E, de jeito nenhum, consigo lembrar a minha queda”, disse Bagnaia. “Com certeza, se caí, é porque cometi um erro. Certamente. Mas, nesta situação, é muito difícil saber o motivo, entender o motivo. Olhando os dados, é impossível entender as coisas”, seguiu.

“Não consigo explicar. Estou muito bravo com isso, pois quando você cai e sabe qual foi seu erro, normalmente sou muito auto-crítico. Mas hoje não posso ser, pois não consigo imaginar a razão pela qual caí”, comentou. “É mais difícil de entender, mais difícil de aceitar. A única coisa positiva é que mais uma vez estávamos na ponta e éramos rápidos… e acho também que, olhando para o ritmo, nosso potencial era alto”, avaliou.

“Mas foi mais uma vez em que Fabio demonstrou que é mais completo do que eu”, assumiu.

Questionado em que aspecto Quartararo é mais completo, Bagnaia respondeu: “Em terminar as corridas. Pois ele está sempre no topo. Ele nunca comete erros. Com certeza. Talvez a moto dele o ajude a cometer menos erros. Não sei. Se olhar para a moto dele e a combinação dos dois, eles são fortes em volta lançada, fortes em ritmo, fortes na corrida, é mais completo por isso”.

“Eu tenho quatro zeros neste ano. Este fim de semana eu fui competitivo, fui mais rápido do que ele. Mas ele venceu e eu caí”, resumu.

Bagnaia explicou que, naquele ponto do GP da Alemanha, não estava forçando excessivamente, já que não planejava atacar Fabio novamente após a tentativa frustrada da segunda volta. O plano era adiar o combate para as voltas finais.

“Fiz 70 voltas por dia, mais de 70 voltas. Em nenhuma delas, senti algo próximo disso. Nunca aconteceu na minha vida cair desse jeito. Só no Rancho. Mas no Rancho eu estou em uma pista de enduro, então é fácil acontecer”, ponderou. “É difícil saber o motivo. Meu ângulo de inclinação era o mesmo. A velocidade era a mesma. Eu estava mais virado para a saída. É muito difícil entender o motivo de ter caído”, insistiu.

“Isso é o mais difícil no momento, pois talvez a nossa moto, todas as motos agora, estejam vivendo em uma margem assim e se você escapa da linha, cai. Mas hoje a minha queda foi muito, muito no limite”, encerrou.

A MotoGP volta às pistas na próxima semana, para o GP da Holanda, em Assen, 11ª etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

LEIA TAMBÉM
Ducati prolonga avaliação e adia escolha entre Bastianini e Martín para vaga de Miller em 2023
MotoGP disponibiliza documentário ‘MotoGP Unlimited’ no Star+ para América Latina
Nakagami reitera culpa por “queda feia” e diz: “Aprecio muito, muito estar vivo”
Oliveira diz que “mostrou ser digno” de vaga na KTM e agora busca “novas oportunidades”
Aleix Espargaró fica ‘off’ e vai à Disney com família para “esquecer erro” da Catalunha
MotoGP anuncia inclusão de tricampeão Taveri no rol das Lendas no GP da Áustria
Mir diz que ainda “espera explicação” da Suzuki e vê Honda “fora do seu estilo de pilotagem”
Yamaha confirma “colaboração multianual” com ex-chefe de motores da Ferrari
RNF desconversa sobre Oliveira e diz buscar “combinação perfeita” para 2023
# Quartararo joga partida perfeita, anula potência alheia e dá outro passo rumo ao bi

PASSE LIVRE A NAKAGAMI MOSTRA INCOERÊNCIA E PÕE EM XEQUE DIREÇÃO DE PROVA DA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar