Honda reduz presença da Repsol em layout de teste da MotoGP em Sepang

Patrocinadora histórica da equipe de fábrica da Honda, a espanhola Repsol está com menos destaque nas carenagens das motos de Luca Marini e Joan Mir no teste da MotoGP na Malásia

A Honda ainda não apresentou o layout definitivo da temporada 2024 da MotoGP, mas a pintura usada no teste da Malásia chamou a atenção. As motos de Joan Mir e Luca Marini tem a marca da Repsol com espaço reduzido na carenagem.

Enquanto não exibe o desenho definitivo — o que só vai acontecer em 13 de fevereiro, em Madri —, a Honda apareceu para o teste de Sepang com o já conhecido layout de fibra de carbono, com adesivos brancos mostrando o nome dos patrocinadores. No entanto, onde antes aparecia a marca da Repsol, agora é apenas o nome da Honda que é exibido.

Com a saída de Marc Márquez, que encerrou o vínculo com a montadora japonesa um ano antes do previsto para poder correr com a Gresini e usar equipamento Ducati, a Honda perdeu o apoio da Red Bull, que não está mais presente na RC213V. De fato, apenas a petrolífera espanhola aparece na carenagem.

Os rumores sobre a redução no envolvimento da Repsol no projeto da Honda já circulam há alguns meses. De acordo com o jornal espanhol Mundo Deportivo, o acordo atual vai até 31 de dezembro deste ano, quando a parceria completa 30 anos.

A marca da Repsol tinha mais espaço na carenagem da Honda no teste de Sepang de 2023 (foto de cima) do que em 2024 (abaixo) (Fotos: Repsol)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Agora, resta a curiosidade em relação ao layout final da moto. Com a redução na presença da Repsol, o laranja pode dar lugar ao tradicional azul, vermelho e branco da Honda, que já é usado, por exemplo, no Mundial de Superbike.

MotoGP volta a acelerar entre 6 e 8 de fevereiro de 2024, com os testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

LEIA TAMBÉM
📌 Pequena Gresini se posiciona entre gigantes, mas com missão árdua na MotoGP 2024
📌 Marini assume batata quente, mas acerta em se descolar do irmão e encarar Honda
📌 Bastianini assume responsabilidades, mas sabe: é tudo ou nada na MotoGP 2024
📌 Acosta chega como novo Marc Márquez na MotoGP: é justo com ele?
📌 MotoGP até cresce, mas ganhar terreno no campo global vai além de novo formato
📌 KTM avança, mas ainda distante de protagonismo na MotoGP: o que falta?

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.