SRT libera Morbidelli para substituir Viñales em 2022: “Agora é com Yamaha e VR46”

Razlan Razali afirmou que o ítalo-brasileiro está liberado para subir para a equipe de fábrica da Yamaha na próxima temporada da MotoGP. O dirigente descartou nomes como Andrea Dovizioso e Jonathan Rea como substitutos do piloto de Roma

APRILIA MOSTRA EVOLUÇÃO EM 2021, MAS VIVE DE BRILHOS COM ALEIX ESPARGARÓ | GP ÀS 10

A SRT deu o sinal verde para Franco Morbidelli assumir o lugar de Maverick Viñales na Yamaha em 2022. Chefe do time malaio, Razlan Razali afirmou que a promoção do ítalo-brasileiro é o caminho natural das coisas.

Viñales tinha contrato com a Yamaha para 2022, mas pediu para ser liberado na metade do caminho, já que está insatisfeito com a performance que vem apresentando nos últimos anos.

Franco Morbidelli vai ficar afastado das próximas três corridas, pois ainda se recupera de cirurgia (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Assim, a equipe dos três diapasões precisa encontrar um novo parceiro para Fabio Quartararo. Vice-campeão do ao passado, Morbidelli é uma escolha natural, mas a mudança não foi confirmada até agora.

Dias atrás, Miguel Oliveira confirmou que chegou a ser procurado pela casa de Iwata, mas optou por honrar o contrato que tem com a KTM.

Alguns rumores apontavam que a Petronas poderia ser uma barreira para Morbidelli por causa do contrato para 2022, mas Razali deixou claro que a questão agora está nas mãos da Yamaha e da VR46, a empresa que gere a carreira de Franco.

“É o curso natural, o sonho dele, e nós não poderíamos negar a ele essa oportunidade”, disse Razali em entrevista à publicação britânica Motorcycle News. “Ele perguntou e nós já demos a ele a luz verde. Agora é uma discussão entre a Yamaha e a VR46”, explicou.

Com Morbidelli a caminho da porta, a SRT tem ao menos uma vaga aberta para 2022, mas pode ter duas, se Valentino Rossi optar pela aposentadoria. Assim, até Andrea Dovizioso passou a ser uma opção. Mas a SRT prefere seguir o caminho da juventude.

“É uma ideia muito interessante, mas, com todo respeito a Valentino, não queremos acabar em uma situação parecida com a deste ano. Os dois são pilotos fantásticos, mas o nível subiu muito. Valentino é mais rápido do que no ano passado, mas tem dificuldade de pontuar. Dovizioso ficou fora por um ano. Queremos um cara para moldar, como fizemos com Fabio Quartararo”, explicou.

Jonathan Rea, que também foi apontado como candidato, também não parece integrar a lista de favoritos da SRT.

“Fizemos uma lista de candidatos que não estão na MotoGP. O nome dele estava lá, assim como Toprak [Razgatlioglu] e Garrett [Gerloff]. Mas, infelizmente, a idade dele joga contra ele. Nós realmente queremos focar nos jovens”, frisou.

“Nós estamos olhando para a Moto2, do primeiro ao nono lugar, onde Xavi [Vierge] está. Ainda têm pilotos disponíveis, como Marco Bezzecchi, Joe Roberts e Marcel Schrötter”, apontou.

LEIA TAMBÉM
# Yamaha precisa de solução caseira e eficiente para vaga de Viñales em 2022: Morbidelli
Aos 42 anos, Rossi vê competitividade minguar e se aproxima da aposentadoria da MotoGP
Razgatlioglu e Gerloff largam na frente por vaga na SRT. Mas estão prontos para MotoGP?
Pedrosa correr como wildcard ainda na temporada 2021 é bom negócio para KTM e MotoGP
Quartararo mostra velocidade e maturidade para protagonizar primeira metade de 2021
Miller e Bagnaia são acerto da Ducati. Mas saem de férias ofuscados por Zarco
Estagnado, Petrucci sofre na Tech3 e inicia dura missão de seguir na MotoGP em 2022
Aleix Espargaró aproveita evolução da Aprilia e chega mais perto do sonho do pódio
Oliveira se impõe na KTM e bate Binder na primeira parte da temporada 2021 da MotoGP
LCR segue queda da Honda e corta embalo de Álex Márquez e Nakagami em 2021
Lado a Lado: Joan Mir 2020 x Joan Mir 2021
Pol Espargaró sofre com Honda apagada e sai frustrado da primeira metade da MotoGP
Mesmo em primeira metade difícil, novatos da MotoGP salvam brilharecos em 2021
Com M1 defasada, Morbidelli vê performance despencar. E em momento chave para Yamaha
Marc Márquez volta mais ou menos, mas prova na Alemanha que campeão ainda está lá
Rins erra muito e decepciona na primeira parte da temporada 2021 da MotoGP
# Rossi segue em queda na MotoGP e acumula piores resultados da gloriosa carreira
# Zarco reencontra boa forma na Pramac e surge como esperança de título da Ducati

HONDA FAZ 2021 SEM BRILHO E REAFIRMA MÁRQUEZ-DEPENDÊNCIA | GP ÀS 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar