Confira declarações dos pilotos após classificação do GP de Abu Dhabi 2020 de F1

Max Verstappen anotou 1min35s246 na última volta neste sábado (12) e encerrou o domínio da Mercedes na classificação da Fórmula 1 em 2020. Valtteri Bottas e Lewis Hamilton completam o top-3

Max Verstappen vai largar na ponta no GP de Abu Dhabi de Fórmula 1. O piloto da Red Bull aproveitou a última volta no treino deste sábado (12) para cravar 1min35s246 e assegurou a posição de honra no grid de Yas Marini à frente de Valtteri Bottas, que foi 0s025 mais lento.

De volta após perder o GP de Sakhir com contrair Covid-19, Lewis Hamilton assegurou o terceiro posto, à frente de Lando Norris, Alex Albon, Carlos Sainz Jr., Daniil Kvyat, Lance Stroll e Pierre Gasly. Esteban Ocon completa um top-10 coberto por 1s113.

Max Verstappen encerrou domínio da Mercedes com pole em Abu Dhabi (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com 1min36s406, Daniel Ricciardo ficou com a 11ª colocação, à frente de Charles Leclerc, Sebastian Vettel, Antonio Giovinazzi, Kimi Räikkönen e George Russell. Pietro Fittipaldi sai em 17º, seguido por Nicholas Latifi. Punidos, Sergio Pérez e Kevin Magnussen ficam com as duas últimas posições.

O GP de Abu Dhabi de Fórmula 1 tem largada prevista para 10h10 (de Brasília). Antes, às 9h, o GRANDE PRÊMIO apresenta a edição pré-corrida do BRIEFING, que debate AO VIVO tudo sobre o treino classificatório e traz as últimas informações direto de Yas Marina para a derradeira prova da temporada 2020 do Mundial.

Confira declarações dos pilotos após a classificação do GP de Abu Dhabi de Fórmula 1:

Max Verstappen, pole: Verstappen cita ano de frustração em derrotas seguidas e celebra pole em Abu Dhabi

Valtteri Bottas, segundo: Bottas culpa queda de temperatura da pista por perda da pole em Abu Dhabi

Lewis Hamilton, terceiro: 3° no grid em Abu Dhabi, Hamilton fala em recuperar ritmo após semana afastado da F1

Lewis Hamilton ficou com o terceiro posto no grid de Abu Dhabi (Foto: Mercedes)

Lando Norris, quarto: Apenas 0s2 atrás do pole, Norris vê “grande feito” da McLaren em Abu Dhabi

Alex Albon, quinto: Albon se anima com ritmo de classificação, mas lamenta ter “forçado demais” no final

Carlos Sainz Jr., sexto: Mesmo sem grande Q3, Sainz diz que “arrebentou” nas primeiras partes da classificação

Daniil Kvyat, sétimo: “Acho que, provavelmente, foi a melhor classificação da minha vida! Estou feliz com hoje, é ótimo colocar tudo no lugar aqui em Abu Dhabi, já que é uma pista longa com muitas curvas. Sabíamos que podíamos ser competitivos, mas foi difícil entender os pneus neste fim de semana. Fizemos um bom trabalho entendendo tudo no momento certo para a classificação, então vou curtir a sensação por mais ou menos uma hora. Aí vou focar na corrida de amanhã. Largar em sétimo nos dá uma boa fundação e tomara que possamos capitalizar com o resultado de hoje. Quando o carro fica como eu gosto, posso ser rápido. Agora espero que todos possam ver o resultado que posso alcançar. Gosto do carro do jeito que ele está agora, então vamos terminar essa temporada em alta”.

Charles Leclerc levou a Ferrari ao Q3, mas teve de pagar punição. (Foto: AFP)

Lance Stroll, oitavo: “Não foi o dia mais fácil. Não é o ideal estar em oitavo na pista e as duas McLaren em quarto e sexto. Faremos nossa corrida amanhã e vamos ver onde terminar. Tenho certeza de que podemos somar bons pontos amanhã, mas tudo vai depender da largada”.

Pierre Gasly, nono: “Foi bem duro esta manhã no Tl3, então realmente não esperávamos estar no Q3 hoje. Sofri durante todo o fim de semana com o equilíbrio do carro, mas demos um pequeno passo à frente na classificação, mas provavelmente não do tamanho que gostaríamos. Não consegui realmente fazer a volta que gostaria, mas foi boa o bastante para nos colocar na décima colocação no final, o que ainda é uma posição decente para começarmos a corrida de amanhã. Sabemos que não vai ser fácil largar com o macio e o primeiro trecho será complicado, mas muitos pilotos estão na mesma situação, então teremos de ser só um pouco melhor do que os outros na questão de gestão do pneu. Levando em conta que é a última corrida da temporada, seria bom terminar com mais alguns pontos no bolso”.

Esteban Ocon, décimo: “Temos de dar uma olhada, já que não foi bem o que estávamos mirando hoje. Estivemos no top-10 durante todo o fim de semana, terceiro e quarto no TL3, e aí parece que perdemos a traseira, a aderência e os pneus não estavam funcionando tão bem quanto estavam. É algo que precisamos entender, pois foi um fim de semana sólido exceto por essa sessão. Ainda não acabou, e amanhã é tudo ou nada. Precisamos reagir, somar bons pontos e temos a escolha livre de pneus, o que nos dá algo com que trabalhar. A meta é terminar bem a temporada e dentro dos pontos”.

Daniel Ricciardo, 11º: “É uma pena terminar em 12º hoje, já que fomos rápidos nesta manhã, em terceiro e quarto, e mirávamos muito mais alto. Passamos para o Q2 confortavelmente com só uma volta nos pneus macios, mas aí tivemos dificuldade para igualar o ritmo tanto com os pneus médios e macios. Acho que ainda não sabemos o motivo, então vamos analisar esta noite. Não gosto de largar em 11º, mas nós dois temos a escolha livre de pneus, então isso é positivo, já que a estratégia será chave para a corrida. Vimos no último fim de semana como largar com os pneus médios pode compensar, então temos opções para amanhã. É a minha última corrida com a equipe também e quero garantir que vamos terminar em alta”.

SERGIO PÉREZ; F1; FÓRMULA 1; RACING POINT; GP DE ABU DHABI; CLASSIFICAÇÃO;
Sergio Pérez fez sua última classificação pela Racing Point (Foto: Racing Point)

Charles Leclerc, 12º: De 9º para 12º, Leclerc admite decepção com desempenho no Q3 em Abu Dhabi

Sebastian Vettel, 13º: Vettel prevê corrida “dolorosa e difícil” em despedida da Ferrari em Abu Dhabi

Antonio Giovinazzi, 14º: “Estou feliz com outro Q2, especialmente porque a minha última volta no Q1 foi bem boa. É uma pena que o meu melhor tempo no segundo setor deletado, já que estava forçando bastante e escapei um pouco, mas, no fim, não teria sido o bastante para avançar para o Q3, então não teria feito nenhuma diferença. Ter outro carro no Q2 é uma boa motivação para o time. Temos conseguido o top-15 mais frequentemente na parte final da temporada, o que é um sinal de que temos melhorado o carro recentemente. Agora vamos ver o que podemos conseguir amanhã. Nossa meta é fazer uma boa primeira volta e lutar por pontos”.

Kimi Räikkönen, 15º: “O carro não pareceu tão ruim, mas a minha última volta no Q1 não foi boa. A primeira parte foi ok, mas atingi algumas zebras no último setor e arruinei o meu tempo. É o que é e vamos precisar fazer um bom trabalho na corrida. Tivemos um pouco de dificuldade no TL3 mais cedo, mas estou confiante de que nosso ritmo de corrida será ok amanhã”.

George Russell, 16º: “Foi bem complicado. Tivemos problemas com os pneus, Nicholas também teve, o que foi um pouco estranho porque o carro no TL3 era bom. É a última corrida do ano, e amanhã é quanto conta. O alvo é tentar ultrapassar e subir o máximo que pudermos. Temos sábados fortes e dificuldades no domingo, então, esperamos que o sábado ruim signifique um bom domingo”.

Pietro Fittipaldi, 17º: Fittipaldi lamenta tráfego, mas sai feliz da classificação em Abu Dhabi: “Demos um passo”

F1; FÓRMULA 1; HAAS; PIETRO FITTIPALDI; GP DE ABU DHABI; F1;
Fittipaldi vai largar em 17º (Foto: Haas)

Nicholas Latifi, 18º: “Foi uma classificação decepcionante. No meu primeiro jogo de pneus, cometi erros, então tinha margem para melhora. Tinha uma grande fila quando coloquei o segundo jogo de pneus. Todo mundo estava lento e tentando criar uma distância. A temperatura do pneu deve ter baixo bem. Quando pistei fundo, não tinha aderência alguma e houve um estalo tão grande que me acertou de guarda baixa e rodei. Eu senti que havia muito a melhorar desde o primeiro set de pneus, mas é isso. No entanto, estou animado para a última corrida da temporada e espero que possamos terminar o ano em alto”.

Sergio Pérez, 19º: Triste por se despedir, Pérez busca “melhor corrida na minha história” pela Racing Point

Kevin Magnussen, 20º: “O carro estava bom, só não tive a sessão de classificação que deveria, especialmente na última saída, quando tive vácuo. Não foi bom, mas sabíamos que não importaria, já que largaria em último de qualquer forma. É sempre muito bom guiar um carro de Fórmula 1, especialmente na configuração de classificação. É sempre agradável. O carro de fato pareceu bom em todo o fim de semana. Estou ansioso pela corrida agora. É duro começar em último, mas vou sair e tentar me divertir na minha última corrida com a equipe”.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar