Brad Binder aparece no fim e lidera TL1 da MotoGP no Catar. Quartararo é apenas 11º

Discreto ao longo de toda a sessão, Brad Binder apareceu nos instantes finais do TL1 em Lusail e liderou a primeira atividade do dia. Os protagonistas Fabio Quartararo e Francesco Bagnaia ficaram apagados

GUIA MOTOGP 2022: FAVORITOS, NOVATOS E PALPITES PARA TEMPORADA

A MotoGP finalmente deu início à temporada 2022, com o primeiro treino livre para o GP do Catar. Depois de meses de espera, as motos aceleraram em Lusail e já entregaram muitas emoções. No fim da sessão, Brad Binder achou grande volta e cravou 1min54s851 para liderar o TL1 de maneira surpreendente.

Takaaki Nakagami ficou em segundo lugar, a apenas 0s056 de Binder. Álex Rins liderou boa parte dos minutos finais da sessão, mas acabou superado e ficou sem tempo de reagir, terminando em terceiro.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Brad Binder foi o mais rápido no TL1 (Foto: Divulgação/MotoGP)

A dupla da Honda, com Pol Espargaró e Marc Márquez, fechou o top-5. Franco Morbidelli, Joan Mir, Aleix Espargaró, Álex Márquez e Miguel Oliveira completaram o top-10.

Atual campeão da classe rainha do Mundial de Motovelocidade, Fabio Quartararo ficou apenas em 11º, a 0s749 de Binder. Francesco Bagnaia, atual vice-campeão, teve um dia mais difícil ao cair durante o treino e ficar apenas em 18º.

A classificação da MotoGP para o GP do Catar, em Lusail, acontece neste sábado (5), às 12h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da abertura do Mundial de Motovelocidade 2022.

Como foi o primeiro treino livre da MotoGP em Lusail:

A MotoGP começou a temporada 2022 ainda com sol aparecendo no visual de Lusail, com temperatura de 30°C e pista quente, na faixa dos 42°C. Assim que a luz verde pintou no pit-lane, os pilotos saíram dos boxes.

Aleix Espargaró foi o primeiro a marcar tempo, tomando a ponta com 1min56s975. Logo em sua primeira tentativa, o novato Darryn Binder foi informado sobre um problema mecânico e retornou para os boxes imediatamente.

O início da temporada 2022 da MotoGP (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Espargaró, na segunda volta, baixou ainda mais a própria marca e cravou 1min56s225. Atual campeão da MotoGP, Fabio Quartararo veio logo atrás e fez apenas o nono melhor tempo da sessão.

Os tempos continuaram baixando rapidamente em Lusail. Aleix fez 1min55s815 e continuou em primeiro, mas dessa vez acompanhado por Marc Márquez. No giro seguinte, o piloto da Aprilia registrou 1min55s378 e voltou a mostrar força no treino.

Em seu primeiro ano completo com a Yamaha, Franco Morbidelli fez 1min55s678 e chegou a pular para segundo, mas durou pouco. O italiano foi rapidamente superado por Marc Márquez, Pol Espargaró e Álex Rins.

Depois de 15 minutos agitados, a pista ficou mais tranquila, com apenas quatro pilotos no circuito. Brad Binder, ainda sofrendo com a KTM, por exemplo, fez apenas o 22º melhor tempo.

Darryn Binder enfrentou problemas logo em sua primeira sessão na RNF (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Com 20 minutos para o fim da sessão, o circuito de Lusail voltou a ficar movimentado, com todo o pelotão novamente acelerando em busca da melhor marca. Porém, os tempos não baixaram como esperado, especialmente pela alta temperatura da pista.

Joan Mir cravou 1min55s650 e subiu para a quinta colocação, mostrando a evolução da Suzuki. Logo atrás, porém, Pol Espargaró foi para quarto e empurrou o compatriota para baixo na tabela de tempos. Mesmo assim, ninguém ameaçava Aleix na ponta.

Com 11 minutos para o fim, foi a vez de Franco Morbidelli melhorar a marca e subir para quinto. Jorge Martín também foi bem em sua volta rápida e pulou para sétimo.

Pecco Bagnaia teve uma rara queda durante o TL1 (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Nos minutos finais, pintou um concorrente para Aleix Espargaró. Com o tempo de 1min55s371, apenas 0s007 mais veloz que o rival, Joan Mir assumiu a liderança da sessão. Pouco depois, o companheiro Álex Rins fez 1min55s278 e tomou a ponta do TL1, depois ainda melhorando a marca em 0s001.

Aconteceu também a primeira surpresa do dia. Na curva 6, Francesco Bagnaia, pole do ano passado, perdeu o controle da frente da moto e caiu. No momento, o italiano era apenas o 13º colocado na sessão.

No fim, mais surpresas. Takaaki Nakagami assumiu a liderança no minuto final, com 1min54s907. Durou pouco, porém, com Brad Binder tomando a dianteira, com 1min54s851. Rins ainda tentou reagir, mas ficou apenas em terceiro.

MotoGP 2022, GP do Catar, Lusail, Treino Livre 1:

1B BINDERKTM1:54.851 
2T NAKAGAMILCR Honda1:54.907+0.056
3Á RINSSuzuki1:54.978+0.127
4P ESPARGARÓHonda1:55.126+0.275
5M MÁRQUEZHonda1:55.137+0.286
6F MORBIDELLIYamaha1:55.294+0.443
7J MIRSuzuki1:55.371+0.520
8A ESPARGARÓAprilia1:55.378+0.527
9A MÁRQUEZLCR Honda1:55.385+0.534
10M OLIVEIRAKTM1:55.470+0.619
11F QUARTARAROYamaha1:55.600+0.749
12J MARTÍNPramac Ducati1:55.688+0.837
13J MILLERDucati1:55.745+0.894
14E BASTIANINIGresini Ducati1:55.768+0.917
15M VIÑALESAprilia1:55.815+0.964
16A DOVIZIOSORNF Yamaha1:55.895+1.044
17J ZARCOPramac Ducati1:55.960+1.109
18F BAGNAIADucati1:56.112+1.261
19R GARDNER Tech3 KTM1:56.262+1.411
20L MARINIVR46 Ducati1:56.540+1.689
21R FERNÁNDEZTech3 KTM1:56.660+1.809
22F DI GIANNANTONIOGresini Ducati1:56.753+1.902
23D BINDERRNF Yamaha1:57.347+2.496
24M BEZZECCHIVR46 Ducati1:57.430+2.579

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar