Marc Márquez pede fim de conflito na Ucrânia e exige ações de “pessoas importantes”

Marc Márquez voltou a se manifestar sobre os conflitos na Ucrânia e disse que os pilotos infelizmente não podem fazer muito, mas cobrou ações drásticas de "pessoas importantes"

MARC MÁRQUEZ TENTA AFASTAR CAOS PARA RETOMAR REINADO NA MOTOGP 2022

Os conflitos no leste europeu seguem como pauta no esporte a motor, agora no paddock da MotoGP, ainda que nenhum piloto ou equipe da Rússia estejam no Mundial de Motovelocidade. Nesta quinta-feira (3), às vésperas dos primeiros treinos para o GP do Catar, que abre a temporada 2022, Marc Márquez comentou sobre o assunto.

Na última semana, Márquez tinha publicado uma mensagem nas redes sociais pedindo paz na Ucrânia e atenção especial para as crianças. O hexacampeão da MotoGP é embaixador do Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância [UNICEF].

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pilotos fizeram foto pedindo paz no grid de Lusail, no Catar (Foto: Divulgação/MotoGP)

“Claro, é muito difícil de entender. Não sei como em 2022 podemos chegar a esse ponto. Como você pode ver, todos os pilotos da MotoGP são contra a guerra. Não consigo entender como chegamos a esse ponto em 2022, não entendo como podemos parar [a guerra]”, disse o piloto da Honda.

“Não entendo muitas coisas. Mas a única coisa que posso dizer é tentar dar nosso apoio a essas pessoas, família e crianças que estão sofrendo com a guerra, mas isso não é suficiente. Existem pessoas mais importantes que nós que devem acabar com isso, é a única coisa que posso dizer”, seguiu.

Antes das entrevistas coletivas em Lusail, a MotoGP realizou a tradicional foto do início da temporada com todos os pilotos da MotoGP. Neste ano, diante do grid, a categoria colocou uma faixa de apoio ao povo ucraniano e os dizeres “Unidos pela Paz”.

Durante a semana, a FIM cancelou todos os eventos internacionais previstos para acontecerem na Ucrânia e na Rússia depois do início dos confrontos. Outras categorias fizeram o mesmo caminho e, nesta quinta-feira (3), a Fórmula 1 encerrou o contrato que tinha para a realização de corridas no território russo.

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

GUIA MOTOGP 2022: FAVORITOS, NOVATOS E PALPITES PARA TEMPORADA
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar