RNF busca “resultados imediatos” em 2023 e mira experiência ao invés de novatos

Razlan Razali destacou que muitos dos pilotos que estão no mercado da MotoGP são jovens, mas com experiência. Depois de dois anos de resultados ruins, o dirigente deixou claro que não quer esperar para obter resultados

DO DOMÍNIO DE MARC MÁRQUEZ AO ZERO: A HONDA DE PONTA CABEÇA NA ALEMANHA

A RNF vai para a temporada 2023 da MotoGP de olho em “resultados imediatos” e, por isso, quer pilotos experientes ao invés de novatos. Ainda assim, Razlan Razali, chefe da equipe, está de olho em jovens com experiência e não mais veteranos, como foi o caso nos últimos dois anos com Valentino Rossi e Andrea Dovizioso.

A partir do próximo ano, a RNF deixa de ser satélite da Yamaha para se aliar a Aprilia. Por enquanto, a escuderia malaia ainda não definiu quem serão os pilotos, mas já indicou que não pretende promover a estreia de jovens da Moto2, inclusive para não passar por cima de Darryn Binder, que veio direto da Moto3 no ano passado para correr pela equipe.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo quebra jejum de 13 anos da Yamaha com vitória no GP da Alemanha
# Honda termina corrida sem pontuar pela primeira vez em 40 anos na MotoGP

Razlan Razali (Foto: RNF)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
▶️ Quartararo vence 3ª e amplia vantagem na MotoGP 2022

Com a saída da Suzuki da MotoGP no final de 2022, Razali vê a equipe em uma situação confortável, já que entende que a RNF pode esperar a movimentação do mercado antes de definir o que fazer. Além disso, a Aprilia vem mostrando neste ano que tem um bom pacote, especialmente com Aleix Espargaró, mas eventualmente também com Maverick Viñales.

“Estamos em uma boa posição para esperar e ver o que as outras equipes estão fazendo”, disse Razali ao site britânico The Race. “Têm mais pilotos do que vagas, e nós simplesmente temos de esperar para ver. Têm alguns pilotos que são tanto jovens quanto experientes na MotoGP —até mesmo jovens com cinco ou seis anos de experiência. Podemos nos dar ao luxo de esperar e ver o que acontece”, seguiu.

“Agentes de muitos pilotos vieram ver a nós e a Aprilia desde que fizemos o anúncio. No fim das contas, somos a única equipe satélite que resta, e a Aprilia está mostrando um pacote muito bom com Aleix e Maverick”, comentou. “Obviamente, somos o próximo alvo tanto para jovens quanto para aqueles em risco de não continuar, e podemos esperar para ver como as coisas se desenvolvem”, avaliou.

“Acho que podemos esperar o máximo possível, mas, ao mesmo tempo, precisamos lidar bem com os nossos patrocinadores também. Eu diria que até Silverstone teremos uma indicação”, indicou.

Graças ao acordo com a Aprilia, a RNF também está livre da exigência dos patrocinadores de ter um piloto italiano, o que a permite negociar com pilotos como Miguel Oliveira, Álex Rins e até Álex Márquez.

“No momento, 90% dos nossos patrocinadores são italianos e ter a Aprilia no próximo ano fortalece isso. Como estamos usando a marca da Aprilia, o sentimento em direção a pilotos italianos não é tão prioritário”, explicou Razlan. “Mas, ao mesmo tempo, não têm tantos italianos agora. Tem rumores sobre sobre tipos como Vietti, mas, para mim, ainda tem um número de pilotos um pouco mais experientes, pessoas com um ano de experiência na MotoGP, que ainda podemos desenvolver, então não precisamos pegar ninguém da Moto2 ainda. Nossos patrocinadores entendem isso, então não existe pressão por pilotos italianos”, justificou.

“Não vamos pegar nenhum piloto da Moto2 e ignorar Darryn. Não é o nosso estilo. Mas também ainda não estamos confirmados com Darryn, pois, como disse, têm muitos pilotos e acho que queremos resultados imediatos com a motos da Aprilia”, ponderou. “Pela minha experiência nos últimos quatro anos, e, especialmente nos últimos dois anos, onde não temos tido uma boa performance, estou desesperado para mostrar à Aprilia — e para todo mundo — que podemos conseguir bons resultados imediatamente se encontrarmos os pilotos certos”, encerrou.

A MotoGP volta às pistas na próxima semana, para o GP da Holanda, em Assen, 11ª etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

LEIA TAMBÉM
Ducati prolonga avaliação e adia escolha entre Bastianini e Martín para vaga de Miller em 2023
MotoGP disponibiliza documentário ‘MotoGP Unlimited’ no Star+ para América Latina
Nakagami reitera culpa por “queda feia” e diz: “Aprecio muito, muito estar vivo”
Oliveira diz que “mostrou ser digno” de vaga na KTM e agora busca “novas oportunidades”
Aleix Espargaró fica ‘off’ e vai à Disney com família para “esquecer erro” da Catalunha
MotoGP anuncia inclusão de tricampeão Taveri no rol das Lendas no GP da Áustria
Mir diz que ainda “espera explicação” da Suzuki e vê Honda “fora do seu estilo de pilotagem”
Yamaha confirma “colaboração multianual” com ex-chefe de motores da Ferrari
RNF desconversa sobre Oliveira e diz buscar “combinação perfeita” para 2023
# Quartararo joga partida perfeita, anula potência alheia e dá outro passo rumo ao bi

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar