Álex Márquez surge no fim, supera Martín por apenas 0s010 e lidera treino no Catar

Álex Márquez achou uma grande volta na reta final do treino e se garantiu no Q2 da classificação da MotoGP no Catar, com Jorge Martín na segunda posição e Pecco Bagnaia em quarto. Pedro Acosta surpreendeu novamente e ficou com a sexta posição

A MotoGP abriu o sábado (9) com uma decisão intensa. Por conta da chuva e da mudança de programação, a definição de quem vai diretamente ao Q2 foi feita pouco antes da classificação. E viu um surpreendente Álex Márquez liderar o treino em Lusail, no Catar, com o tempo de 1min51s108, apenas 0s010 à frente de Jorge Martín.

A Ducati parecia apagada na sessão, mas ainda garantiu a terceira posição de Fabio Di Giannantonio e Franceco Bagnaia. Maverick Viñales enfrentou problemas na moto, mas ainda colocou a Aprilia na quinta colocação.

Relacionadas


O novato Pedro Acosta novamente andou bem. Apesar de uma queda durante a sessão, fez o sexto melhor tempo, a 0s264 do líder, e vai diretamente para o Q2 da classificação em sua estreia na MotoGP.

Aleix Espargaró, Enea Bastianini, Marc Márquez e Brad Binder completam a lista daqueles que avançam diretamente para o Q2 de logo mais.

Álex Márquez apareceu no fim e liderou no Catar (Foto: Gresini)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Entre aqueles que vão disputar o Q1, a lista é grande e com bons nomes. Miguel Oliveira, Marco Bezzecchi, Fabio Quartararo, Jack Miller, Johann Zarco, Joan Mir, Álex Rins, Luca Marini e outros vão brigar por apenas duas vagas na fase final da classificação.

MotoGP volta a acelerar ainda neste sábado (9), em Lusail, no Catar, para a definição do grid de largada, a partir de 8h40 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Confira como foi o treino da MotoGP em Lusail:

Diferente do dia anterior, quando a chuva deu as caras no deserto, o sol e o calor foram presentes em Lusail. A temperatura era de 27ºC no ar e 46ºC na pista quando a luz verde pintou e a maior parte do grid imediatamente saiu para acelerar e reconhecer o traçado.

Jorge Martín não perdeu tempo e rapidamente cravou 1min52s606 para tomar a dianteira. Raúl Fernández mostrou a força da novata Trackhouse e foi para o segundo lugar, apenas 0s008 atrás.

Dia aberto no Catar, começou o sábado da MotoGP em Lusail (Video: MotoGP)

Em outro ponto do circuito, Luca Marini foi o primeiro a cair, mas levantou-se sozinho e conseguiu seguir na sessão.

Com 10 minutos de treino, mais um problema. Maverick Viñales encostou a moto na área de escape com dificuldades técnicas na moto da Aprilia e precisou retornar a pé para os boxes. No momento, o espanhol era o 15º colocado, enquanto o companheiro Aleix Espargaró era o quarto.

O atual bicampeão Pecco Bagnaia não quis ficar fora da festa e fez 1min52s658 e saltou para terceiro, apenas 0s052 atrás de Martín. O companheiro Bastianini vinha em boa volta, mas errou na última curva e ficou apenas com o quinto tempo.

Na metade da sessão, a pista deu uma esfriada, com a maior parte dos pilotos nos boxes. Joan Mir ficou acelerando e achou um ótimo terceiro lugar para a Honda, apenas 0s021 atrás do líder Martín. Mais atrás, Álex Márquez saltou para o nono posto.

Luca Marini perdeu o equilíbrio na moto durante treino no Catar (Vídeo: MotoGP)

O novato Pedro Acosta voltou a impressionar e marcou 1min52s468, fazendo a melhor marca da sessão. Marc Márquez aproveitou o embalo e tentou reagir, mas não conseguiu sair do oitavo lugar.

A boa sorte de Acosta, porém, acabou momentaneamente. O espanhol caiu na curva 5 e precisou de ajuda para sair da caixa de brita, mas voltou sobre a moto para os boxes.

O circuito catari continuou melhorando e ficando com mais borracha depois da chuva de ontem. Miguel Oliveira, com pneus macios, fez 1min51s998 e pulou para primeiro, com o companheiro Raúl Fernández na segunda colocação. Maverick Viñales também foi bem com a Aprilia e ficou em quarto.

Volta mais rápida para Acosta em sua estreia na MotoGP. Mas o espanhol caiu logo depois (Vídeo: MotoGP)

Fabio Di Giannantonio fez 1min52s134 e saltou para o segundo lugar, colocando alguma moto Ducati enfim na briga pelas primeiras posições durante a sessão. Martín também melhorou e ficou em sexto.

Nos minutos finais, porém, o caos reinou em Lusail. Martín fez 1min51s262 e tomou a ponta, com a dupla da Ducati na sequência, com Bastianini em segundo e Bagnaia em terceiro. Brad Binder também apareceu para a festa e ficou com o quarto tempo, mas a 0s278 do líder.

E Marc Márquez? A 10 minutos para o fim, o espanhol da Gresini ocupava a 17ª posição, mas achou uma grande volta e saltou diretamente para o segundo posto na tabela de tempos, a 0s207 de Martín. Raúl Fernández também acelerou e foi ao quarto lugar.

Nos minutos finais, a pista novamente ficou lotada. Aleix Espargaró imediatamente fez o segundo melhor tempo. Depois, tudo ficou maluco. Di Giannantonio tomou a ponta, mas foi rapidamente superado por Álex Márquez enquanto Bagnaia fazia o terceiro tempo.

Martín fez a segunda melhor marca, apenas 0s010 atrás do compatriota da Gresini. Acosta se aproveitou de vácuo e foi para o quinto lugar, mas caiu uma posição porque Viñales foi tomou seu lugar.

Enquanto isso, Jack Miller caía no final da reta principal e causava bandeira amarela no local, atrapalhando boa parte do grid que busca melhorar volta. O australiano da KTM foi apenas o 15º.

MotoGP 2024, GP do Catar, Treino 2, Resultado Final:

POSMotoPilotoEquipeTempoDiff
173A MÁRQUEZGresini Ducati1:51.108 
289J MARTÍNPramac Ducati1:51.118+0.010
349F DI GIANNANTONIOVR461:51.217+0.109
41F BAGNAIADucati1:51.238+0.130
512M VIÑALESAprilia1:51.356+0.248
631P ACOSTAGasGas1:51.372+0.264
741A ESPARGARÓAprilia1:51.425+0.317
823E BASTIANINIDucati1:51.454+0.346
993M MÁRQUEZGresini Ducati1:51.469+0.361
1033B BINDERKTM1:51.487+0.379
1125R FERNÁNDEZTrackhouse Aprilia1:51.519+0.411
1288M OLIVEIRATrackhouse Aprilia1:51.578+0.470
1372M BEZZECCHIVR461:51.931+0.823
1420F QUARTARAROYamaha1:52.088+0.980
1543J MILLERKTM1:52.216+1.108
165J ZARCOLCR Honda1:52.313+1.205
1736J MIRHonda1:52.321+1.213
1837A FERNÁNDEZGasGas1:52.547+1.439
1942A RINSYamaha1:52.924+1.816
2030T NAKAGAMILCR Honda1:52.935+1.827
2121F MORBIDELLIPramac Ducati1:53.423+2.315
2210L MARINIHonda1:53.536+2.428

GUIA 2024
📌 MotoGP chega aos 75 anos mais verde e com fábricas europeias no foco
📌 De combustível e concessões: o que muda na nova temporada do Mundial
📌 MotoGP tem poucos pilotos com futuro definido e muitos contratos no fim
📌 Moreira alcança sonhada promoção, mas precisa de paciência na Moto2
📌 GALERIA: Antes e depois das motos da MotoGP para a temporada 2024
📌 Ducati tenta estender reinado, mas briga por vaga promete aumentar pressão
📌 Bagnaia tenta revalidar #1 em MotoGP de concorrência mais voraz
📌 Martín e Bastianini reeditam batalha por vaga na Ducati de fábrica em 2025
📌 MotoGP muda concessões e lança boia para resgatar Honda e Yamaha
📌 Honda encara desafio de buscar redenção, mas agora sem Marc Márquez
📌 Yamaha muda para espantar conservadorismo e voltar a ser protagonista
📌 Acosta chega à MotoGP como único novato e imensa pressão nos ombros
📌 Aldeguer assume protagonismo em Moto2 de conhecidos e novos nomes
📌 Marc Márquez encara recomeço na Gresini para descobrir se ainda é quem já foi
📌 Aprilia tem RS-GP24 como trunfo e reforço com vitorioso Brivio na Trackhouse
📌 KTM aposta em inovações aerodinâmicas para dar salto e encarar Ducati
📌 Alonso herda favoritismo na Moto3. Rueda e Piqueras merecem atenção

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.