Aprilia confirma Viñales ao lado de Aleix Espargaró na temporada 2022 da MotoGP

Sem surpresas, a marca do grupo Piaggio confirmou a contratação do hoje titular da Yamaha. A casa de Noale vai reeditar a bem sucedida parceria entre os pilotos espanhóis, que foram companheiros de equipe na Suzuki

Valentino Rossi foi homenageado pela torcida e com uma enorme bandeira no Red Bull Ring (Vídeo: MotoGP)

Maverick Viñales vai defender as cores da Aprilia na temporada 2022 da MotoGP. Depois de solicitar a antecipação do encerramento do vínculo com a Yamaha, que iria até o próximo ano, o espanhol assinou com os italianos para reeditar a parceria com Aleix Espargaró.

O acordo entre Viñales e Aprilia não chega como surpresa, já que era especulado na imprensa desde que a relação do piloto com a Yamaha começou a desandar. Além disso, o mais velho dos Espargaró já vinha torcendo publicamente pela contratação do ex-companheiro de Suzuki.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
Quartararo troca rival, mas amplia liderança da MotoGP na Áustria

Maverick Viñales foi companheiro de Aleix Espargaró nos tempos de Suzuki (Foto: Aprilia)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

A chegada de Viñales é mais uma das muitas trocas de pilotos da Aprilia, que já contou com nomes como Marco Melandri, Álvaro Bautista, Sam Lowes, Scott Redding, Stefan Bradl, Andrea Iannone e Bradley Smith desde que voltou à classe rainha, em 2015. No entanto, o Top Gun é o mais vitorioso de todos eles, já que soma nove vitórias na MotoGP.

A contratação do espanhol é também um sinal do progresso da RS-GP. Ano passado, enquanto procurava um substituto para Iannone, que cumpre uma suspensão de quatro anos por doping, os italianos foram rejeitados pelos experientes Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow e também pelos novatos Marco Bezzecchi, Joe Roberts e Fabio Di Giannantonio.

Nos últimos meses, a Aprilia até tentou convencer Dovizioso a defender a equipe, mas o piloto que hoje vive um ano sabático aceitou apenas trabalhar testando a RS-GP.

Chefe da Aprilia, Massimo Rivola comemorou a chegada do espanhol e ressaltou que a casa de Noale vive um momento importante na MotoGP, já que conseguiu acertar a mão no desenvolvimento do protótipo. 2022 será um ano importante para a marca, já que os italianos passam a ser oficialmente uma equipe de fábrica, ao invés de estarem abrigados na Gresini, atual detentora da vaga na MotoGP.

“Estamos extremamente felizes em anunciar que contratamos Maverick Viñales, um piloto de altíssimo nível e um dos mais talentosos da classe rainha”, comemorou Rivola. “Nosso projeto foi agora enriquecido com o valor que Maverick traz, um campeão do mundo que confirmou seu talento como piloto de ponta na MotoGP. Em um momento grandes mudanças, depois de trazer uma moto completamente renovada para a pista e de nos termos estabelecido de forma consistente no grupo dos protagonistas, estamos também diante de uma mudança de status de equipe de fábrica para levar a Aprilia ao sucesso”, seguiu.

“Estamos honrados em poder colocar toda a nossa capacidade à disposição de Viñales junto com nosso entusiasmo e nossa paixão”, celebrou. “Tenho certeza de que, como Aleix, ele vai abraçar esse projeto de latíssimo potencial. A chegada de Maverick em nada afasta Lorenzo Savadori da equipe, já que ele vai continuar sendo parte integrante da família Aprilia Racing”, completou.

Pelas redes sociais, Aleix se manifestou rapidamente e comemorou o acordo entre Aprilia e Viñales.

“Bem-vindo à minha/sua casa, Mack”, escreveu o pai dos gêmeos Max e Mia. “É hora de fazermos história juntos e trazer a Aprilia de volta ao primeiro plano”, completou.

Aleix e Maverick formaram a dupla na Suzuki em 2015 e 2016 e são considerados peças-chave na rápida evolução da GSX-RR. O piloto de Figueres, aliás, foi quem deu à casa de Hamamatsu a primeira vitória no retorno à classe rainha do Mundial de Motovelocidade.

O anúncio do acerto com a Aprilia, porém, chega em um momento tumultuado para Viñales. O espanhol de 26 anos não disputou o GP da Áustria do fim de semana por causa de uma suspensão imposta pela Yamaha, que comprovou que o piloto tentou danificar a YZR-M1 durante as voltas finais do GP da Estíria.

No último sábado, Viñales se desculpou com a Yamaha e reconheceu que manifestou a frustração que sentia de maneira errada. A casa de Iwata, porém, disse que “nada muda” com o pedido de desculpas e ainda não definiu se Maverick voltará a defender a equipe no GP da Grã-Bretanha, próxima parada do Mundial.

MotoGP volta a acelerar no próximo dia 29 de agosto, com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

LEIA TAMBÉM
Aos 42, Rossi decide por aposentadoria e encerra história na MotoGP em 2021
Maior da história ou não, Rossi teve impacto transformador e popularizou MotoGP
Ídolo, referência e lenda: mundo do esporte a motor reage à aposentadoria de Rossi
Obrigada, Vale
Martín tira atraso de lesão e ratifica adaptação rápida com vitória no GP da Estíria
Fabio Quartararo: 2020 x 2021
Fim triste mostra que relação entre Viñales e Yamaha deveria ter acabado antes

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar