Rins torce por “dor mais suportável” no punho fraturado e promete ouvir médicos em Assen

Espanhol se disse ansioso para disputar o GP da Holanda, mas assegurou vai encarar as coisas sessão a sessão. Piloto da Suzuki ainda lida com fratura no punho resultante de acidente com Takaaki Nakagami na primeira curva do GP da Catalunha

DO DOMÍNIO DE MARC MÁRQUEZ AO ZERO: A HONDA DE PONTA CABEÇA NA ALEMANHA

Álex Rins chega ao GP da Holanda torcendo para ter dores “mais suportáveis” no punho esquerdo. Depois de abandonar o GP da Alemanha, o espanhol disse que vai tentar correr em Assen neste fim de semana, mas prometeu ouvir os conselhos médicos e encarar a última etapa antes da pausa para as férias sessão a sessão.

Rins teve uma fratura no osso piramidal ou triquetal, sem deslocamento, do punho esquerdo no último dia 5 de junho, resultado de um acidente causado por Takaaki Nakagami na curva 1 de Barcelona no GP da Catalunha. Álex não precisou de cirurgia, mas o tratamento conservador não deu conta de recuperá-lo o bastante para a corrida da semana passada.

LEIA TAMBÉM
# Quartararo quebra jejum de 13 anos da Yamaha com vitória no GP da Alemanha
# Honda termina corrida sem pontuar pela primeira vez em 40 anos na MotoGP

Álex Rins vai encarar o fim de semana sessão a sessão (Foto: Suzuki)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
▶️ Quartararo vence 3ª e amplia vantagem na MotoGP 2022

O espanhol até chegou a ir para a pista, mas, depois do treino livre três, optou por abandonar a disputa a tentar se recuperar um pouco mais para o GP da Holanda deste fim de semana. Agora, Rins torce para sofrer menos, mas segue cauteloso em relação a lesão.

“Foi difícil assistir Sachsenring de longe, mas precisei tomar uma decisão cautelosa e cuidadosa e fazer o melhor no longo prazo”, disse Rins. “Esperar mais alguns dias permitiu que meu punho melhorasse um pouco mais, e espero que desta vez a dor seja um pouco mais suportável”, seguiu.

“Vou buscar o conselho dos médicos e tentar encarar o fim de semana sessão a sessão, mas, com certeza, estou muito ansioso para correr em Assen — é, verdadeiramente, um lugar incrível”, concluiu.

A MotoGP volta às pistas na próxima semana, para o GP da Holanda, em Assen, 11ª etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

LEIA TAMBÉM
Ducati prolonga avaliação e adia escolha entre Bastianini e Martín para vaga de Miller em 2023
MotoGP disponibiliza documentário ‘MotoGP Unlimited’ no Star+ para América Latina
Nakagami reitera culpa por “queda feia” e diz: “Aprecio muito, muito estar vivo”
Oliveira diz que “mostrou ser digno” de vaga na KTM e agora busca “novas oportunidades”
Aleix Espargaró fica ‘off’ e vai à Disney com família para “esquecer erro” da Catalunha
MotoGP anuncia inclusão de tricampeão Taveri no rol das Lendas no GP da Áustria
Mir diz que ainda “espera explicação” da Suzuki e vê Honda “fora do seu estilo de pilotagem”
Yamaha confirma “colaboração multianual” com ex-chefe de motores da Ferrari
RNF desconversa sobre Oliveira e diz buscar “combinação perfeita” para 2023
# Quartararo joga partida perfeita, anula potência alheia e dá outro passo rumo ao bi

MILLER MANTÉM STATUS, MAS DÁ PASSO ATRÁS COM IDA PARA KTM NA MOTOGP
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar