Martín controla Binder e vence corrida sprint da MotoGP no Catar. Marc Márquez é 5º

Jorge Martín precisou segurar Brad Binder para vencer a primeira corrida sprint da MotoGP em 2024. O rival Francesco Bagnaia não andou bem na reta final da prova e terminou apenas na quarta colocação

O ano mudou, mas o roteiro seguiu idêntico. Jorge Martín começou a temporada 2024 da MotoGP garantindo uma grande vitória na corrida sprint do Catar, mantendo a boa fase nos sábados que o colocou na briga pelo título no campeonato passado. O espanhol da Pramac pode ter liderado de ponta a ponta, mas não teve um dia fácil em Lusail.

Martín largou na pole e venceu com apenas 0s548 de vantagem para Brad Binder. O piloto da KTM saiu de quarto para segundo na primeira volta e tentou diversas ultrapassagens, mas acabou se contentando com o posto no final e recebeu a bandeirada em segundo. Aleix Espargaró colocou a Aprilia no pódio, em terceiro.

Relacionadas


O atual bicampeão Francesco Bagnaia não conseguiu aproveitar o melhor desempenho de sua moto Ducati. O italiano bem que tentou pressionar os líderes, mas perdeu performance na reta final da sprint e terminou na quarta colocação.

Logo atrás, porém, veio um dos grandes destaques da corrida. Marc Márquez fez sua estreia pela Gresini e andou muito bem, terminando em quinto lugar apesar de um erro durante a prova e de ter largado mal.

Jorge Martín liderou de ponta a ponta e venceu no Catar (Foto: Red Bull Content Pool)

Enea Bastianini, Álex Márquez, Pedro Acosta, Maverick Viñales e Jack Miller completaram a lista dos dez melhores na corrida sprint em Lusail.

MotoGP volta a acelerar neste domingo (10), em Lusail, no Catar, com a corrida principal do fim de semana, a partir de 14h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Confira como foi a corrida sprint da MotoGP no Catar:

A noite chegou ao Catar neste sábado, dessa vez sem chuva, mas com temperaturas amenas. Os termômetros marcavam 22ºC no ar e 27ºC na pista no momento da largada, além de ventos de 2 km/h. Todos largaram com pneus médios, menos Takaaki Nakagami, com macios, e Jack Miller com macio na dianteira e médio na traseira.

A luz verde pintou e a largada marcou o início da temporada 2024. Jorge Martín manteve a liderança, mas Brad Binder saiu do quarto lugar direto para a segunda posição, seguido por Aleix Espargaró, Enea Bastianini e Francesco Bagnaia.

A largada da corrida sprint no Catar (Vídeo: MotoGP)

Largando no meio do bolo, Marc Márquez tentou se recuperar de uma largada ruim, mas caiu para sétimo. Logo, porém, passou Miller e voltou a sexto.

No final da primeira volta, Binder se aproveitou do vácuo e forçou uma ultrapassagem, mas Martín segurou bem e manteve a liderança da corrida curta. Instantes depois, Bagnaia superou o companheiro Bastianini e foi para quarto.

Miller continua perdendo rendimento na segunda volta, sendo superado por Álex Márquez, Fabio Di Giannantonio e o novato Pedro Acosta, caindo para o décimo lugar.

Na terceira volta, a primeira vítima. Fabio Di Giannantonio caiu no meio do circuito e ficou parado na pista enquanto os demais competidores desviavam por muito pouco. O italiano, com dores, causou bandeira amarela e precisou de ajuda para se levantar.

Fim de corrida sprint para Di Giannantonio no Catar (Vídeo: DAZN España)

A quarta volta marcou mais uma ultrapassagem de Bagnaia. O bicampeão da MotoGP superou Espargaró e imediatamente colou nos dois líderes da prova, com o trio separado por apenas 0s4.

Binder seguia colado em Martín, mas a força do motor da Ducati fazia a diferença na longa reta catari. Mais atrás, Bastianini errou na sexta volta e perdeu posição para Marc Márquez. Logo depois, o espanhol superou Espargaró e foi para o quarto lugar.

A 5 voltas para o fim, Martín conseguiu abrir 0s7 de vantagem. Enquanto isso, Bagnaia e Márquez se aproximavam de Binder na briga pela segunda colocação em Lusail. O espanhol, porém, errou no giro seguinte e foi superado por Espargaró.

A três giros para o fim, Binder se aproximou novamente de Martín no setor intermediário, mas voltou a perder na reta, precisando também se proteger dos ataques de Bagnaia logo atrás.

Pedro Acosta parte para cima de Miller na sprint do Catar (Vídeo: MotoGP)

Na penúltima volta, Espargaró forçou uma ultrapassagem contra Bagnaia na curva 4, errou e acabou levando o troco imediatamente, fazendo com que ambos perdessem o ritmo e ficassem longe da briga pela vitória na sprint.

Espargaró se recuperou na abertura do último giro e superou Bagnaia para tomar a terceira posição, garantindo um lugar no pódio. Na frente, Martín só precisou segurar Binder e levar mais uma vitória em sprint, agora em 2024.

MotoGP 2024, GP do Catar, Lusail, Corrida sprint:

POSMotoPilotoEquipeDiff
189J MARTÍNPramac Ducati11 voltas
233B BINDERKTM+ 0.548
341A ESPARGARÓAprilia+ 0.729
41F BAGNAIADucati+ 1.625
593M MÁRQUEZGresini Ducati+ 1.872
623E BASTIANINIDucati+ 2.322
773A MÁRQUEZGresini Ducati+ 3.154
831P ACOSTAGasGas+ 4.431
912M VIÑALESAprilia+ 6.738
1043J MILLERKTM+ 12.670
1172M BEZZECCHIVR46+ 12.835
1220F QUARTARAROYamaha+ 12.863
1388M OLIVEIRATrackhouse Aprilia+ 13.095
1425R FERNÁNDEZTrackhouse Aprilia+ 13.795
1536J MIRHonda+ 14.096
165J ZARCOLCR Honda+ 14.840
1742A RINSYamaha+ 15.629
1837A FERNÁNDEZGasGas+ 17.711
1930T NAKAGAMILCR Honda+ 22.733
2021F MORBIDELLIPramac Ducati+ 23.267
2110L MARINIHonda+ 25.553
2249F DI GIANNANTONIOVR46Abandonou

GUIA 2024
📌 MotoGP chega aos 75 anos mais verde e com fábricas europeias no foco
📌 De combustível e concessões: o que muda na nova temporada do Mundial
📌 MotoGP tem poucos pilotos com futuro definido e muitos contratos no fim
📌 Moreira alcança sonhada promoção, mas precisa de paciência na Moto2
📌 GALERIA: Antes e depois das motos da MotoGP para a temporada 2024
📌 Ducati tenta estender reinado, mas briga por vaga promete aumentar pressão
📌 Bagnaia tenta revalidar #1 em MotoGP de concorrência mais voraz
📌 Martín e Bastianini reeditam batalha por vaga na Ducati de fábrica em 2025
📌 MotoGP muda concessões e lança boia para resgatar Honda e Yamaha
📌 Honda encara desafio de buscar redenção, mas agora sem Marc Márquez
📌 Yamaha muda para espantar conservadorismo e voltar a ser protagonista
📌 Acosta chega à MotoGP como único novato e imensa pressão nos ombros
📌 Aldeguer assume protagonismo em Moto2 de conhecidos e novos nomes
📌 Marc Márquez encara recomeço na Gresini para descobrir se ainda é quem já foi
📌 Aprilia tem RS-GP24 como trunfo e reforço com vitorioso Brivio na Trackhouse
📌 KTM aposta em inovações aerodinâmicas para dar salto e encarar Ducati
📌 Alonso herda favoritismo na Moto3. Rueda e Piqueras merecem atenção

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.