Vettel testa positivo para Covid-19, e Hülkenberg assume Aston Martin no Bahrein

A Aston Martin vai começar a temporada 2022 da Fórmula 1 desfalcada, após o tetracampeão testar positivo para o novo coronavírus. Piloto de testes da equipe, Nico Hülkenberg vai assumir o posto ao lado de Lance Stroll

HERTA VIRA PILOTO DE TESTES DA MCLAREN. FÓRMULA 1 ESTÁ PERTO?

Uma substituição de última hora vai mudar a cara do grid do GP do Bahrein de Fórmula 1. A Aston Martin confirmou nesta quinta-feira (17) que Sebastian Vettel testou positivo para a Covid-19 e, por isso, não poderá correr em Sakhir. Assim, o tetracampeão será substituído por Nico Hülkenberg, piloto de testes da equipe.

É o segundo caso do novo coronavírus a impactar a Fórmula 1 em poucos dias. Daniel Ricciardo desfalcou a McLaren nos testes no Bahrein também após a infecção, mas conseguiu se recuperar e já foi liberado para reintegrar a equipe na etapa deste fim de semana.

Sebastian Vettel não estará na etapa de abertura da temporada 2022 (Foto: AFP)

Esta, porém, não é a primeira vez que um piloto perde corridas por causa da Covid-19. Em 2020, Sergio Pérez ficou de fora das corridas em Silverstone. No mesmo ano, foi Lance Stroll quem não pôde correr em Nürburgring, no GP de Eifel. Nessas duas ocasiões, o próprio Hülkenberg foi o escalado para substituir os então titulares da Racing Point. Assim, o GP em Sakhir será o primeiro do alemão em quase um ano e meio.

Diferente do que aconteceu antes, contudo, Nico ainda não teve a oportunidade de guiar essa nova geração de carros da Fórmula 1, apenas no simulador.

“Pela minha experiência inicial, no entanto, os novos carros são bem rápidos e não necessariamente mais lentos do que a última geração”, comentou o piloto no começo do ano. “A experiência de pilotagem não mudou tanto assim, pelo menos no simulador. Vai ser interessante ver de esses carros realmente podem seguir o carro da frente melhor”, completou.

Por causa da infecção pelo novo coronavírus, este será o primeiro GP de Fórmula 1 sem Sebastian desde o GP da Europa, em Nürburgring, em 2007.

GUIA FÓRMULA 1 2022
Fórmula 1 vive temporada de revolução e torce por reedição de batalha épica
Caçador experiente, campeão Verstappen passa a ser maior das caças da F1
Desafiante e mordido, Hamilton vai atrás de melhor versão em revanche na F1
Novo regulamento vira prato cheio para chance de ouro de veteranos do grid da F1
Fórmula 1 volta ao passado para acertar futuro e equilibrar forças do grid
Ferrari atropela McLaren e entra na temporada com top-3 como meta mínima
Alpine e Aston Martin investem alto por escalada improvável no pelotão

De Sainz a Norris: a turma de jovens que pode fazer estrago na F1
Mercedes e Red Bull contam com protagonistas e fiéis escudeiros para duelo 2.0
Williams, Alfa Romeo e Haas miram subida no grid em ano de renovação
Magnussen e Albon retornam, e Zhou é único estreante da Fórmula 1
Fórmula 1 mira calendário recorde em ano de guerra, pandemia e Copa do Mundo
Schumacher e Tsunoda entram em segundo ano pressionados por menos erros

# Com VAR para fazer ‘tira-teima’, FIA tenta evitar pressão das equipes
# F1 traz novos locais para sprint race e muda tradição dos fins de semana
# Talentoso Russell enfim recebe carro à altura e vira peça-chave na Mercedes
# F1 tem pré-temporada com muitas novidades e igualdade no grid

FÓRMULA 1: O QUE ESPERAR DA TEMPORADA 2022? | Paddock GP #278
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar