Miller ignora calor na Indonésia, mas aponta: “A umidade é o grande desafio”

Jack Miller não se mostrou muito preocupado com as altas temperaturas enfrentadas pela MotoGP na Indonésia. O australiano, porém, alertou para a umidade em Mandalika

MOTOGP DÁ BOLA FORA COM DOCUMENTÁRIO FANTASMA

As altas temperaturas encaradas pela MotoGP na Indonésia foram assunto nos primeiros dias dos pilotos no país asiático. Jack Miller, nascido na Austrália, porém, não parece ter se importado muito com esse fator que tanto incomoda boa parte do grid.

A expectativa para Mandalika é que a sensação térmica passe dos 40°C em alguns momentos, com a temperatura da pista ultrapassando os 54°C nos primeiros treinos livres. Mesmo assim, Miller não se abalou. Nem mesmo com a possibilidade de tempestades ao longo do fim de semana.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jack Miller em ação no circuito de Mandalika (Foto: Divulgação/MotoGP)

LEIA TAMBÉM
Quem é a primeira mulher a chefiar equipe vencedora na MotoGP?

“Eu fui para casa na última semana e estava quente assim, talvez mais quente, então definitivamente me sinto no clima. A umidade é o grande desafio porque tudo fica mais quente sobre a moto”, disse o piloto da Ducati.

“Com certeza, será diferente porque não corremos com essa umidade há muito tempo. Vai ser bem interessante”, acrescentou o australiano.

Esta será a primeira corrida da MotoGP em um país tropical desde 2019. Além disso, a prova marca a estreia do traçado de Mandalika no calendário, aumentando o desafio. Aleix Espargaró, da Aprilia, já tinha alertado para as condições climáticas na Indonésia.

“É no limite, uns 44 ou 45 graus, sendo 65 graus na pista. Nunca senti calor como hoje em Mandalika, é apenas insano, é maluco. Vai ser muito exigente para equipamentos e pilotos”, disse Aleix Espargaró na coletiva de imprensa às vésperas da corrida.

“As motos estão muito, muito quentes. Nós temos macacões de couro e o meu ainda é preto, ótimo para essas condições”, ironizou o espanhol da Aprilia. “Fiz meu melhor, vamos ver se vai ser o suficente”, completou.

MotoGP volta às pistas no próximo dia 20, com o GP da Indonésia, no circuito de Mandalika. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

GUIA DA MOTOGP 2022
MotoGP abre era pós-Rossi com menu extenso e pratos para lamber os beiços
MotoGP mantém estabilidade e só tem mudanças pontuais no regulamento
Acosta chega forte, mas Moto2 é livro aberto na busca por protagonista
Volta de Carrasco e estreia de Moreira deixam olhos atentos à Moto3
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Yamaha ainda sofre com motor, mas busca evolução na MotoGP
Aprilia dá novo passo e mira protagonismo de novo status na MotoGP
Quartararo sai da glória de campeão para a luta de se manter no topo
Sem ícone máximo, MotoGP tem de descobrir novo mundo em era pós-Rossi
Ducati cria casca e entra na temporada 2022 com pressão do favoritismo
KTM chega cercada de incertezas após tropeços e decepções na MotoGP
Bagnaia ganha Ducati e vira bola da vez na MotoGP mesmo derrotado em 2021
De campeão a surpresa, novatos invadem MotoGP com diferentes expectativas
Suzuki atende pilotos e surge vitaminada com melhora na moto e novo chefe
Honda torce por Marc Márquez inteiro para voltar do ostracismo em 2022
Marc Márquez chega a 2022 para recuperar forma e retomar domínio

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar