MotoGP

Schrötter aperta passo no fim e lidera primeiro treino da Moto2 no Catar. De volta à Moto2, Lüthi é quarto

Marcel Schrötter subiu o ritmo em suas voltas finais e, com 1min59s591, garantiu a liderança do primeiro treino da Moto2 no Catar. 0s193 mais lento, Marcel Vierge ficou em segundo, com Bo Bendsneyder vindo na sequência. De volta à Moto2 após um ano na MotoGP, Tom Lüthi fez o quarto tempo

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 MotoGP abre 2019 imprevisível e com promessa de alta competitividade
🏁 Por equilíbrio, MotoGP introduz mudanças aerodinâmica e eletrônica
🏁 Yamaha mostra evolução. Mas a dúvida permanece: é o suficiente?
🏁 Ducati sai da pré-temporada forte e vê chance de recuperar título
🏁 Honda carrega mistério: Márquez e Lorenzo vão se aguentar sem brigas?
🏁 Após anos de 'chove e não molha', Suzuki vê chance de dar próximo passo
🏁 KTM tem Pedrosa como trunfo e chance de acelerar evolução da RC16
🏁 Aprilia mira evolução e busca recuperação após 2018 decepcionante
🏁 Moto2 tem motor Triumph, mudança na classificação e classe talentosa
🏁 Moto3 traz nova classificação, volta de Fenati, time de Biaggi e promessa Öncü
🏁 Até com Gibernau, Mundial estreia Copa do Mundo de MotoE em 2019

Marcel Schrötter não perdeu a boa forma com a virada do ano. O #23 aproveitou os minutos finais do primeiro treino livre desta sexta-feira (8) para colocar a Kalex da IntactGP na ponta da folha de tempos da Moto2.
 
Com 1min59s591 na melhor de suas 15 voltas, Schrötter assegurou a ponta com 0s193 de margem para Xavi Vierge, o segundo colocado. Assim como os dois ponteiros, Bo Bendsneyder também melhorou no final e ficou com o terceiro tempo, 0s329 atrás do líder.
Marcel Schrötter (Foto: Reprodução)
De volta à Moto2 após uma temporada fosca na MotoGP, Tom Lüthi anotou a quarta marca, 0s028 melhor que Andrea Locatelli. Augusto Fernández aparece para fechar o top-6.
 
Jorge Navarro fez 2min00s029 como melhor tempo e ficou em sétimo, seguido por Luca Marini e Enea Bastianini. Lorenzo Baldassarri completa a lista dos dez primeiros.

Sam Lowes sofreu uma falha mecânica na moto da Gresini e acabou apenas em 216º. O #22 fez 2min00s416 em sua melhor volta e ficou a 0s825 do ponteiro.
 

❀ Tatiana Calderón – pilota de testes da Alfa Romeo e primeira mulher a correr na F2
❀ Bruna Tomaselli - do kart em Santa Catarina à seleção na W Series e no Road to Indy
 Laia Sanz – multicampeã de Trial e enduro e ‘rainha’ do Rali Dakar
❀ Jutta Kleinschmidt - primeira mulher a vencer uma especial e a conquistar o Rali Dakar

Saiba como foi o primeiro treino da Moto2 em Losail: 
 
A era dos motores Triumph começou oficialmente às 14h45 em Doha. Na hora do primeiro treino da Moto2, a temperatura estava na casa dos 28°C, com o asfalto chegando aos 40°C. A velocidade do vento tinha diminuído um pouco e estava em 8 km/h.
 
Com 2min00s699, Marcel Schrötter abriu o TL1 no topo da tabela, 0s137 à frente de Augusto Fernández, o segundo colocado. Xavi Vierge vinha em terceiro.
 
Alguns minutos depois, Jake Dixon sofreu um forte high-side na curva um de Losail, mas não parece ter sofrido lesões de maior gravidade. Pouco depois, Iker Lecuona voou na curva três e executou uma sequência de piruetas. O piloto deixou a pista caminhando, mas amparado pela equipe de Losail.
 
Com 1min59s933, Lüthi assumiu o comando, 0s339 melhor que Schrötter. Marini subiu para terceiro, seguido por Vierge, Navarro e Márquez.

Na fase intermediária da sessão, a movimentação aconteceu mesmo nos boxes. Mas nem por isso as mudanças na tabela deixaram de acontecer. Com 2min00s291, Álex Márquez assumiu o terceiro posto, 0s358 mais lento do que Lüthi. Mais atrás, Martín assumiu a sétima colocação, 0s006 mais rápido que Lowes.
 
Perto da marca de dez minutos para o fim, Martín saltou para a segunda colocação, mas logo caiu para terceiro, sendo superado por 0s032 por Binder.
 
Logo em seguida, Xavi Vierge avançou para o segundo posto, reduzindo para 0s185 a margem de Lüthi no topo da tabela. Brad caiu para terceiro, agora só com 0s020 de diferença para Nagashima.
 
Com cerca de sete minutos para o fim da sessão, Sam Lowes precisou parar por conta de um problema mecânico com a moto da Gresini. O britânico, que tinha o 11º tempo, voltou aos boxes de carona.
 
0s150 mais lento que Tom, Schrötter pulou para segundo, mas logo foi superado por Andrea Locatelli, que virou 0s122 melhor. Vierge e Binder fechavam o top-5.
 
Restando pouco mais de 1min30s no cronômetro, Bo Bendsneyder assumiu a ponta, mas foi imediatamente substituído por Vierge, que virou 0s136 melhor. O #97, porém, logo foi batido por Schrötter, que chegou a 1min59s591.
 



Moto2 2019, GP do Catar, Losail, treino livre 1:

1 M SCHROTTER Intact Kalex 1:59.591  
2 X VIERGE Marc VDS Kalex 1:59.784 +0.193
3 B BENDSNEYDER RW NTS 1:59.920 +0.329
4 T LÜTHI Intact Kalex 1:59.933 +0.342
5 A LOCATELLI Italtrans Kalex 1:59.961 +0.370
6 A FERNANDEZ PONS Kalex 1:59.979 +0.388
7 J NAVARRO Speed UP 2:00.029 +0.438
8 L MARINI VR46 Kalex 2:00.190 +0.599
9 E BASTIANINI Italtrans Kalex 2:00.166 +0.575
10 L BALDASSARRI PONS Kalex 2:00.202 +0.611
11 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex 2:00.228 +0.637
12 B BINDER Red Bull KTM Ajo 2:00.234 +0.643
13 T NAGASHIMA SAG Kalex 2:00.254 +0.663
14 J MARTÍN Red Bull KTM Ajo 2:00.266 +0.675
15 R GARDNER SAG Kalex 2:00.277 +0.686
16 S LOWES Gresini Kalex 2:00.416 +0.825
17 S CORSI Tasca Kalex 2:00.496 +0.905
18 N BULEGA VR46 Kalex 2:00.514 +0.923
19 J RAFFIN RW NTS 2:00.665 +1.074
20 K IDHAM PAWI SIC Kalex 2:00.935 +1.344
21 D AEGERTER Forward MV Agusta 2:00.962 +1.371
22 I LECUONA American KTM 2:01.022 +1.431
23 F DI GIANNANTONIO Speed UP 2:01.040 +1.449
24 S CHANTRA Team Tady Kalex 2:01.353 +1.762
25 L TULOVIC Kiefer KTM 2:01.523 +1.932
26 M BEZZECCHI Tech3 KTM 2:01.569 +1.978
27 P OETTL Tech3 KTM 2:01.606 +2.015
28 J ROBERTS American KTM 2:01.691 +2.100
29 S MANZI Forward MV Agusta 2:02.045 +2.454
30 J DIXON ANGEL NIETO KTM 2:02.326 +2.735
31 X CARDELUS ANGEL NIETO KTM 2:02.816 +3.225
32 D PRATAMA Team Tady Kalex 2:03.050 +3.459