Bastianini destrona Martín na hora final e lidera dia 2 de testes da MotoGP na Malásia

Com menos de 1h para o fim do segundo dia de testes da MotoGP em Sepang, Enea Bastianini cravou 1min57s134 e tomou a liderança de Jorge Martín por 0s139. Brad Binder assegurou o terceiro melhor tempo

Enea Bastianini garantiu a liderança do segundo dia de testes da MotoGP na pré-temporada 2024. O italiano aproveitou a 46ª volta nesta quarta-feira (7) para cravar 1min57s134 e assegurar o topo da folha de tempos na Malásia.

Este segundo dia de atividades em Sepang começou com mais um desfalque. Além de Franco Morbidelli que vai ficar fora também da bateria no Catar —, Raúl Fernández abandonou o teste malaio após uma queda forte ainda no dia inicial. O espanhol, porém, deve se reintegrar a Trackhouse em Lusail.

Tão logo o cronômetro foi acionado para marcas as 8 horas de teste, Marco Bezzecchi entrou na pista, aproveitando a temperatura um pouco mais baixa, consequência do céu nublado. O #72, aliás, foi o primeiro a melhorar o tempo do dia anterior, cortando a vantagem de Jorge Martín no combinado dos dias para 0s088.

Ainda na primeira meia hora de teste, Fabio Quartararo foi a 1min57s888 e tomou o comando da MotoGP, mas, apenas dois minutos mais tarde, viu o tempo ser batido por Bezzecchi. O italiano tampouco sustentou a ponta, já que Brad Binder colocou a KTM na frente com 1min57s685.

Enea Bastianini foi o mais rápido no dia 2 em Sepang (Foto: Ducati)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Com 36 minutos de sessão, Martín apareceu para superar em 0s218 o recorde de Sepang, estabelecido em 1min57s491 por Francesco Bagnaia no ano passado. Pouco depois, Binder também baixou o registro de Pecco para se instalar em segundo, só 0s054 mais lento que Jorge.

Antes do fim da primeira hora de teste, Joan Mir fez a melhor volta da Honda na pista malaia. O espanhol subiu para a sexta posição depois de anotar 1min57s872, 0s6 melhor do que o tempo que fez no Q1 do GP da Malásia do ano passado, quando foi a melhor entre as RC213V.

Pouco depois, Pedro Acosta deu as caras, mais uma vez confirmando o hype que o cerca. O espanhol fez 1min57s446 e subiu ao top-5. Na classificação do ano passado, o tempo daria ao piloto da GasGas Tech3 o quinto posto no grid.

Com 1h07min de treino, foi a vez do campeão vigente mostrar o que tem. O italiano subiu para a terceira posição com 1min57s469, mas ficou lá só por alguns instantes, já que Aleix Espargaró virou 0s023 melhor para ficar com a posição.

Com quase duas horas de treino, Marc Márquez era o único que ainda não tinha conseguido melhorar a marca do dia anterior, mas vinha em um dia mais tranquilo, sem quebras. O hexacampeão da MotoGP era um dos mais ativos no dia.

Perto da barreira de 3h de sessão, Acosta sofreu uma queda na curva 9, mas escapou de maiores lesões.

Os pilotos passaram, então, a trabalhar com pneus usados, o que manteve as posições na tabela inalteradas. O destaque desse miolo de sessão, porém, vinha do speed trap, que era liderado pela Yamaha de Fabio Quartararo.

Provando uma série de novidades aerodinâmicas nesta primeira bateria de testes de pré-temporada, a Aprilia colocou Miguel Oliveira, Maverick Viñales e Aleix Espargaró para rodarem juntos. Os três vão abrir a temporada com a mesma máquina, a RS-GP 2024.

Passada a metade da atividade, foi Johann Zarco quem engordou a estatística de quedas. O francês caiu na curva 15, mas não se machucou. Minutos depois, Fabio Di Giannantonio teve um problema técnico, mas voltou para a pista após receber a ajuda de um fiscal de pista.

Depois de uma pausa para o almoço, Bagnaia e Bastianini foram os primeiros de volta à pista, mas logo seguidos por Marc Márquez. Enea, aliás, melhora o tempo em seguida, chegando a 1min57s680 para se instalar na sétima colocação.

Com pouco menos de 30 minutos para o fim, Enea Bastianini foi a 1min57s134 e tomou a liderança de Martín por 0s139. O italiano engatou outro bom giro, mas errou e não conseguiu entrar na casa de 1min56s.

Cerca de 20 minutos depois, Álex Rins também conseguiu ser mais rápido. Com 1min58s100, o espanhol saltou para 13º, 0s976 mais lento do que o líder.

Quartararo tentou seguir os passos do novo companheiro de Yamaha, mas perdeu tempo na metade final da pista e manteve a 11ª posição.

MotoGP volta a acelerar amanhã com o último dia dos testes de pré-temporada na Malásia, no circuito de Sepang. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

MotoGP 2024, Teste pré-temporada, Sepang, Dia 2:

1E BASTIANINIDucati1:57.134 
2J MARTÍNPramac Ducati1:57.273+0.139
3B BINDERKTM1:57.327+0.193
4A ESPARGARÓAprilia1:57.446+0.312
5F BAGNAIADucati1:57.469+0.335
6F DI GIANNANTONIOVR461:57.619+0.485
7Á MÁRQUEZGresini Ducati1:57.672+0.538
8P ACOSTAGasGas Tech31:57.726+0.592
9M BEZZECCHIVR461:57.867+0.733
10J MIRHonda1:57.872+0.738
11F QUARTARAROYamaha1:57.888+0.754
12J ZARCOLCR Honda1:58.011+0.877
13A RINSYamaha1:58.110+0.976
14M MÁRQUEZGresini Ducati1:58.118+0.984
15J MILLERKTM1:58.300+1.166
16T NAKAGAMILCR Honda1:58.372+1.238
17L MARINIHonda1:58.394+1.260
18M VIÑALESAprilia1:58.456+1.322
19M OLIVEIRATrackhouse Aprilia1:58.549+1.415
20A FERNÁNDEZGasGas Tech31:58.915+1.781
21C CRUTCHLOWYamaha1:58.990+1.856
22L SAVADORITrackhouse Aprilia1:59.676+2.542
23M PIRROPramac Ducati1:59.702+2.568

LEIA TAMBÉM
📌 Pequena Gresini se posiciona entre gigantes, mas com missão árdua na MotoGP 2024
📌 Marini assume batata quente, mas acerta em se descolar do irmão e encarar Honda
📌 Bastianini assume responsabilidades, mas sabe: é tudo ou nada na MotoGP 2024
📌 Acosta chega como novo Marc Márquez na MotoGP: é justo com ele?
📌 MotoGP até cresce, mas ganhar terreno no campo global vai além de novo formato
📌 KTM avança, mas ainda distante de protagonismo na MotoGP: o que falta?

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.