Confira declarações dos pilotos após GP do Bahrein 2020 de Fórmula 1

A vitória no GP do Bahrein ficou com Lewis Hamilton, mas as atenções ficaram todas para o acidente horroroso de Romain Grosjean. O piloto da Haas teve queimaduras nas mãos e passa bem. Por isso, a maior parte dos pilotos dedicou palavras ao colega

O GP do Bahrein deste domingo (29) ficou marcado por um apavorante acidente logo após a largada. Tentando se recuperar na corrida, depois de partir do 19º posto, Romain Grosjean tocou na AlphaTauri de Daniil Kvyat e acertou em cheio uma barreira de proteção, após sair da pista. O impacto causou uma explosão. O fogo tomou conta do carro da Haas, que se dividiu em dois, sendo que a parte dianteira atravessou o guard-rail. Apesar da violência da batida e do incêndio, o francês teve forças para deixar o cockpit por conta própria e teve queimaduras nas mãos, sendo transportando para o hospital. A corrida foi interrompida com bandeira vermelha. No retorno, Lewis Hamilton não deu chances a ninguém e conquistou a vitória de 95 de sua carreira na Fórmula 1.

Max Verstappen, mesmo tendo estratégia diferente, terminou a prova na segunda colocação. Alex Albon foi novamente ao pódio. O tailandês foi herdou a terceira posição depois do estouro do motor Mercedes de Sergio Pérez, da Racing Point. Inclusive, por causa do incidente com o mexicano, a corrida barenita terminou sob bandeira amarela.

Apesar de ter sido uma etapa agitada, ao menos no pelotão intermediário, a maior parte dos pilotos se mostrou mesmo apreensiva pelo acidente com Grosjean. Muitos manifestaram alívio pelo fato de o francês ter saído sem consequências graves, outros demonstraram preocupação com a fragilidade do guard-rail. O GRANDE PRÊMIO separou a palavra dos astros do grid.

Lewis Hamilton cruza a linha de chegada no Bahrein (Foto: Bahrein International Circuit)

Lewis Hamilton, vencedor: Hamilton respira aliviado após barreira “não arrancar cabeça de Grosjean fora” no Bahrein

Max Verstappen, segundo colocado: Após nova derrota, Verstappen diz que “ainda falta um tanto” para alcançar Mercedes

Alexander Albon, terceiro colocado: Albon admite sorte com revés de Pérez em pódio duplo no GP do Bahrein: “Estou feliz”

Lando Norris, quarto colocado: “Ter dois pilotos como nós está ajudando”: Norris exalta desempenho da dupla da McLaren

Carlos Sainz, quinto colocado: “Experiência muito ruim”: Sainz fala do susto com acidente de Grosjean e exalta halo

A luta foi intensa no pelotão intermediário no Bahrein (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!


Pierre Gasly, sexto colocado: “O principal de hoje foi ver Romain sair andando daquela batida horripilante da largada. Foi bem chocante de ver, mas estou feliz de que ele esteja bem e desejo o melhor na recuperação. Espero vê-lo de volta rapidamente. Em termos de desempenho, estou feliz com nosso trabalho. Assumimos uma estratégia arriscada, era uma aposta, mas se pagou no fim. Foi uma das corridas mais difíceis e aprendi muito a trabalhar no cockpit hoje. Foi um trabalho de controle e acelerar o máximo possível sem afetar demais os pneus e fazendo com que funcionassem pelo maior número possível de voltas. Tive dificuldades no cockpit, mas conseguimos um dos melhores resultados do ano. Estou muito feliz de voltar aos pontos e tirar o máximo deste domingo.”

Daniel Ricciardo, sétimo colocado: Ricciardo diz que F1 “foi nojenta” por mostrar replays de acidente com Grosjean aos pilotos

Valtteri Bottas, oitavo colocado: “Fico muito feliz de saber que o Romain está bem. Isso é o mais importante hoje e eu fico muito aliviado por ele escapar de um acidente tão grande. Eu tive um pneu furado na relargada, mas não tive nenhum contato e não vi nenhum detrito, então não sei o que foi. Eu tentei lutar para escalar o pelotão, mas usamos mais asa que os outros carros e não foi tão fácil. Eu tive mais um pneu furado no fim, mas já estávamos sob safety-car e não perdi posições. Precio ver o que preciso fazer de melhor no próximo fim de semana. Espero ter mais sorte.”

Esteban Ocon, nono colocado: “A primeira e principal questão é a notícia sobre Romain e desejo uma rápida recuperação a ele. Foi um incidente louco. A equipe me disse no carro que estava tudo bem, mas, olhando as imagens, tive dificuldades de acreditar. É um milagre que ele esteja bem, e estou feliz por saber que está bem. Nossa corrida foi secundária a esse incidente. Temos muito a revisar sobre a corrida, uma vez que a McLaren era mais rápida que nós. Vamos nos esforçar para ver oq ue fazer no próximo fim de semana, num traçado mais curto, e tentar recuperar alguns pontos.”

Charles Leclerc, décimo colocado: Leclerc diz que viu acidente na hora e custou a crer que Grosjean saiu do carro

Daniil Kvyat, 11º: Kvyat detalha raiva que virou preocupação após acidente de Grosjean no Bahrein

George Russell, 12º: “Eu fico feliz com o trabalho que fizemos nesse fim de semana. Eu perdi posições na primeira largada, mas subi de 18° para 12° na segunda. Na corrida, mantive o Vettel atrás, ultrapassei Giovinazzi e Magnussen e ainda briguei com o Kvyat. Acho que podemos ficar felizes com isso, acho que fizemos o possível nesse fim de semana. Não pontuamos, mas fizemos o máximo. É incrível que o Romain tenha saído caminhando do acidente de hoje. Fico feliz e muito grato por termos o halo. Tenho orgulho do trabalho da FIA e da F1 para aumentar a segurança nos últimos anos.”

Sebastian Vettel, 13º: Vettel alerta que “guard-rail não pode falhar” após batida de Grosjean no Bahrein

Nicholas Latifi, 14º: “A primeira largada foi complicada, mas fomos muito melhores na segunda e ganhamos posições. Só que aí eu cometi um erro de julgamento enquanto lutava por posição na volta seguinte. Mesmo assim, fico feliz com a corrida. O desgaste de pneus foi um grande fator e sinto que fizemos um bom trabalho. Tínhamos uma estratégia boa, o que permitiu o objetivo de terminar na frente da Haas e da Alfa. É claro que sempre queremos mais, mas não foi uma corrida fácil e fico feliz. Desejo pronta recuperação ao Romain. Nunca queremos ver algo assim, mas mostra como sempre há risco no esporte a motor.”

Kimi Räikkönen, 15º: “Como todo mundo, estou feliz por ver Romain estar OK: ninguém está acostumado a batidas assim nestes tempos, então é importante ver que ele saiu andando sozinho. Quando a corrida recomeça e você está no carro, porém, o foco é somente na corrida. Infelizmente, minha corrida foi comprometida logo no começo e danifiquei o carro nas duas largadas. Bati no assoalho na primeira largada e depois a asa dianteira do lado direito na segunda. Isso tirou muito do desempenho. O carro foi rápido nas voltas seguintes às paradas, mas os danos fizeram o ritmo cair logo. É uma pena, porque o carro estava bem bom no grid, mas não pudemos tirar muito desse potencial.”

Antonio Giovinazzi, 16º:
“Fiquei realmente aliviado de ver Romain escapar dessa grande batida – vê-lo saindo do carro foi a melhor coisa de hoje. Espero que suas lesões não sejam sérias e ele volte logo. Quanto à corrida, larguei muito bem e ganhei muitas posições antes da bandeira vermelha, era 11º, mas fui jogado de novo para 14º na relargada. A segunda partida não foi tão boa e fiquei preso num ritmo. Nosso ritmo era até que bom, mas senti que nossas escolhas não foram deram o resultado que imaginávamos. Ficamos na pista com pneus duros e só parei quando o último safety-car saiu, mas não funcionou. Hora de virar o foco para semana que vem. Espero que melhore.”

Kevin Magnussen, 17º: “Acima de tudo, fico muito feliz por ver o Romain escapar naquele acidente. Foi inacreditável. Ver ele sobreviver é um milagre, sinceramente. Fico feliz por termos o halo. Sem isso, seria uma história muito diferente. Isso é tudo que tenho para dizer hoje. Só estou feliz por ainda termos o Romain.”

Sergio Pérez, 18º: Pérez dá de ombros para pódio perdido: “O mais importante é que Grosjean está bem”

Lance Stroll, abandono: Stroll diz que capotagem no Bahrein “pareceu pior do que realmente foi”

Romain Grosjean, abandono: Grosjean fala pela primeira vez após acidente e revela que mudou de opinião sobre halo

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube