FIA presenteia equipes com novo aumento no limite mínimo de peso dos carros da F1

A FIA resolveu aumentar em mais 3 kg o limite de peso, algo que conversou com as equipes após os testes de pré-temporada

Fórmula 1 lança nova apresentação dos pilotos na temporada 2022 (Vídeo: F1)

O GP do Bahrein deste fim de semana abre a temporada da Fórmula 1 e já terá novidades nas regras em relação ao que estava programado até os testes coletivos de pré-temporada. Na tarde desta quinta-feira (17), a FIA anunciou o aumento do limite mínimo de peso dos carros em 3kg. Agora, o peso é de 798 kg.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A informação foi publicada na última versão do livro de regras técnicas da F1 em 2022 divulgada antes da corrida barenita. De acordo com a circular, o limite cresceu em importantes 46 kg em relação ao fim do ano passado: de 752 kg para 798 kg.

A mudança era esperada após os testes de Barcelona e do Bahrein e o último encontro do Conselho Mundial da FIA, quando a federação e as equipes discutiram a questão como uma das mais importantes da reunião. O limite mínimo previsto para 2022 era de 795 kg, mas a dificuldade das equipes com o peso dos carros fez com que a FIA facilitasse um pouco.

Red Bull admitiu que tem problemas com o peso (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

O aumento de peso é o maior de um ano para o outro desde o começo da Era Híbrida, em 2014, quando os carros ficaram 48 kg mais pesados em relação ao ano anterior. Os carros de 2022 são bem mais pesados que aqueles e se tornam os mais pesados da história da categoria superando justamente os de 2021.

Quase todas as equipes mostraram problemas para entrar no peso até agora – a exceção é a Alfa Romeo, que, segundo a revista alemã Auto Motor und Sport, foi a única que conseguiu entrar no limite anterior para os testes em Sakhir. A Red Bull admitiu abertamente que sofria para se adequar.

Brincando com o peso dos carros, Sebastian Vettel chegou a dizer que seria mais fácil se preparar para o GP de Mônaco guiando um ônibus que nos simuladores da Aston Martin.

A temporada da F1 começa no próximo fim de semana, com o GP do Bahrein. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GUIA FÓRMULA 1 2022
Fórmula 1 vive temporada de revolução e torce por reedição de batalha épica
Caçador experiente, campeão Verstappen passa a ser maior das caças da F1
Desafiante e mordido, Hamilton vai atrás de melhor versão em revanche na F1
Novo regulamento vira prato cheio para chance de ouro de veteranos do grid da F1
Fórmula 1 volta ao passado para acertar futuro e equilibrar forças do grid
Ferrari atropela McLaren e entra na temporada com top-3 como meta mínima
Alpine e Aston Martin investem alto por escalada improvável no pelotão

De Sainz a Norris: a turma de jovens que pode fazer estrago na F1
Mercedes e Red Bull contam com protagonistas e fiéis escudeiros para duelo 2.0
Williams, Alfa Romeo e Haas miram subida no grid em ano de renovação
Magnussen e Albon retornam, e Zhou é único estreante da Fórmula 1
Fórmula 1 mira calendário recorde em ano de guerra, pandemia e Copa do Mundo
Schumacher e Tsunoda entram em segundo ano pressionados por menos erros

# Com VAR para fazer ‘tira-teima’, FIA tenta evitar pressão das equipes
# F1 traz novos locais para sprint race e muda tradição dos fins de semana
# Talentoso Russell enfim recebe carro à altura e vira peça-chave na Mercedes
# F1 tem pré-temporada com muitas novidades e igualdade no grid

GUIA DA FÓRMULA 1 2022: VERSTAPPEN X HAMILTON VERSÃO 2.0
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar